Reportagem nem tão inédita assim - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Reportagem nem tão inédita assim

O Diário Catarinense está divulgando, inclusive com anúncio na sua edição impressa - algo raro -, a publicação no fim de semana do que está sendo chamada de “a reportagem do ano” sobre crianças brasileiras que foram vendidas para Israel nos anos 80. A reportagem terá um site especial www.diario.com.br/orfaosdobrasil e está sendo divulgada também em forma de teasers nas redes sociais.



Tudo certo não fosse o tema da reportagem não ser assim tão inédito na mídia de Santa Catarina. Como lembraram meus colegas do Notícias do Dia, jornal do Grupo RIC, onde respondo pela gestão de produtos de internet, em 14 de agosto de 2011, o mesmo assunto - crianças vendidas para Israel - foi tratado na reportagem Vítimas de quadrilhas que traficaram bebês querem conhecer os pais.




A reportagem completa do ND está no link http://bit.ly/traficodebebes.

Atualizado em 4 de agosto de 2012, às 20h: Na seção Diário da Redação da edição deste domingo, dia 5, o diretor de Redação do Diário Catarinense, Ricardo Stefanelli, cita a reportagem do Notícias do Dia, produzida pela mesma repórter, Mônica Forlan. Escreveu Stefanelli:

Um primeiro passo desta história - a existência de um grupo de jovens que trocava mensagens pela internet, na ânsia de localizar suas famílias biológicas -, Mônica publicou ainda no jornal Notícias do Dia, onde trabalhou até setembro do ano passado, antes de ingressar no Grupo RBS.

2 comentários:

  1. De qualquer modo, belíssima a matéria da coleguinha Mônica Foltran, de quem tive a honra de ser editor no ND. No editorial do jornal de domingo, o DC fez referência à matéria do ND, feita também pela Mônica e editada pelo Tarcísio Poglia, ambos agora ampliando o assunto no DC.

    ResponderExcluir
  2. A menção feita na "carta do editor" de domingo está no post desde sábado. Interessante o registro do DC, mas a reportagem do ND não foi só sobre a existência de um grupo que trocava mensagens pela internet.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário