Legítimo “roque em Rio” - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Legítimo “roque em Rio”

Na esteira do Rock in Rio, que começa nesta sexta-feira, dia 23, piadas sobre o festival estão pipocando nas redes sociais. Vale tudo e, ao que parece, quanto mais infame, melhor. Uma das mais recentes tira onda do colega de trabalho do Sílvio Santos, o popular Roque.



Mas a melhor piada do Rock in Rio, o legítimo “roque em Rio”, aconteceu na terceira edição, em 2001, quando a banda cearense O Surto, de algum sucesso com a música “A cêra”, tocou para uma platéia de 250 mil pessoas uma versão para “Californication”, do Red Hot Chilli Peppers, batizada de “Triste, mas eu não me queixo”. E como infâmia pouca é bobagem, O Surto tocou na mesma noite do Red Hot e, de acordo com relatos da época, a versão foi o ápice de uma apresentação completamente desastrada.

Ouça a pérola “Triste, mas eu não me queixo” (áudio da apresentação da banda no Rock in Rio III).



Para não perder nenhum trecho, confira a letra:

Minha vida é uma desgraça
Eu vou encurtar um trecho
Cai da bicicleta lasquei meus ovos nos eixo
E é tanta coisa ruim comigo, mas eu nao me queixo
Eu fui aparto a briga
E levei um murro nos queixo
Entraram na minha casa e levaram meu play station
E é tanta coisa ruim comigo mas eu nao me queixo
Já lasquei a boca numa queda de patinete
Semana passada bateram nu meu chevete
E o cara que amassou até hoje nao pagou
É triste mas eu nao me queixo
É triste mas eu nao me queixo
É triste mas eu nao me queixo


É triste...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário