Jornalista lança nova edição de livro sobre a Ponte Hercílio Luz - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Jornalista lança nova edição de livro sobre a Ponte Hercílio Luz

Na próxima sexta-feira, dia 13, a Ponte Hercílio Luz, o cartão postal de Florianópolis, completa 85 anos. No mesmo dia, meu amigo Maurício Oliveira lança uma edição atualizada e ampliada do livro Ponte Hercílio Luz - Tragédia Anunciada, publicado originalmente há 15 anos. O lançamento será no estande da Editora Insular na Feira do Livro, no Largo da Alfândega, no centro de Florianópolis, a partir das 19h.

Reproduzo abaixo o texto que o Maurício enviou junto com o convite, onde ele faz uma análise de todo o processo de reforma para uma (improvável, na minha opinião) reabertura ao trânsito - processo que se arrasta há muito, muito tempo e que já consumiu muito dinheiro público sem grandes resultados na prática.

Ponte Hercílio Luz - Tragédia Anunciada

Como evidencia o título, o risco de queda da ponte - tema que voltou recentemente à mídia - é antigo. E aumenta a cada ano que passa sem a reforma salvadora.

Todos que amamos esta cidade sabemos muito bem que a "velha ponte" transcendeu há muito tempo a condição de simples canal de transporte entre a ilha e o continente para se tornar um ícone da cidade e do estado, um patrimônio cuja importância não pode ser medida em valor monetário.

Salvar esse patrimônio histórico é fundamental para preservar a identidade de uma cidade que se transforma cada vez mais em um centro urbano moderno, com avenidas duplicadas, viadutos e pontes de concreto, reflexo da prioridade irracional que a nossa sociedade dá aos carros e ao transporte individual.

Neste momento em que os governantes dão a entender que a construção da quarta ponte será a prioridade, o que relegaria a majestosa ponte de ferro ao desprezo - e ao inevitável fim trágico previsto no título do livro -, o relançamento pretende ser mais um elemento de conscientização sobre a importância de salvar a ponte.

Os governantes precisam ser convencidos de que a busca por soluções para o problema viário e a necessidade de conservar o patrimônio histórico são problemas distintos.

Falta criatividade e empenho das autoridades na busca de soluções para o financiamento da reforma. Creio que uma contribuição dos empresários que exploram o turismo na cidade seria justa, por exemplo. Além do mais, alguém duvida que visitantes deixariam de pagar para atravessar a ponte a pé depois de reformada? Ou que uma feira de artesanato sobre a ponte aos domingos não seria um sucesso? E as áreas sob a ponte Hercílio Luz e em torno de suas entradas, que belos espaços a serem explorados!

Com boas ideias e transparência na administração dos recursos - elementos que infelizmente nem sempre são encontrados na gestão pública -, a ponte certamente poderá ser salva antes que se canse de vez da longa espera.

Para ilustrar o post, especialmente o texto preciso do Maurício - como sempre - imagens da Ponte Hercílio Luz, reunidas no álbum coletivo que criei no Flickr em 2008, numa homenagem singela ao cartão postal de Florianópolis. São 110 membros e um total de 471 fotos que mostram a ponte em ângulos e perspectivas variadas.

Um comentário:

  1. Prezados Escritores e Leitores.

    Agora existe um espaço novo, onde escritores podem postar a sinopse de suas obras para um as editoras se interessarem em publicar a obra.
    Podem publicar seus livros de forma segura com uma participação atrativa em percentual de vendas na EditoraClick, na forma de ebook, que revende ebooks através de site, sistema android para celulares, pads, tablets, computadores e note.
    Artistas podem publicar obras.
    Conteúdos aceitos: livros, video aulas, audio books, ebooks, apostilas de concurso, cursos, livros literários, livros científicos entre outros.
    Venha conhecer esse novo universo.
    http://www.scrittodigital.com.br

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário