O Twitter que toca notícia - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

domingo, 23 de janeiro de 2011

O Twitter que toca notícia

O Twitter foi o grande aliado da rádio CBN Diário (@cbndiario), do Grupo RBS aqui de Florianópolis, na ótima cobertura que a emissora fez dos estragos causados pela chuva em Santa Catarina nos últimos dias. Ontem, principalmente, a CBN ficou o dia inteiro, em parceria com a TVCom (@TVComSC), só tratando do assunto, repassando, entre outras informações, o que era postado no Twitter por órgãos como a Defesa Civil e o que era enviado pelos ouvintes através de replies para @cbndiario. O curioso é a CBN Diário demorou para aderir ao Twitter. Estreou na terça-feira, dia 18. Até então, na hora de interagir com os ouvintes, a preferência era pela sala de bate-papo do clicRBS, usada em dois programas (Notícia da Manhã e Debate Diário) e nas jornadas esportivas. No gráfico abaixo, você vê que o perfil da rádio saiu de 0 no dia da estreia para 667 seguidores (até às 22h deste domingo), uma marca importante que mostra o impacto positivo que o uso da ferramenta causou na audiência e entre os usuários do Twitter interessados em interagir com a rádio.



Participe da enquete: Você criou ou reativou uma conta no Twitter para acompanhar informações sobre #chuvaemSC de perfis como @defesacivilSC?

Um comentário:

  1. Que bacana ver esse resultado. o Twitter da TVCOM (@TVCOMSC) estava com 2.248 seguidores. Com a cobertura das chuvas passou para 2.901 (dados de hj).
    Não tenho dúvidas que a internet é hoje o grande caminho para compartilhar a informação, bem como a união das mídias.
    Trabalhar em parceria com a Rádio CBNDiário deu à TVCOM em Santa catarina um novo alcance. Unimos as imagens com a informação rápida e instantânea do rádio. Foi uma experiência muito positiva.
    Estaremos unidos novamente em outras coberturas.

    Ligia Gastaldi
    Coordenadora TVCOMSC

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário