Pauta que nasce no blog, morre no blog? - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Pauta que nasce no blog, morre no blog?

Desde que o jornalista Rodrigo Santos (@rodrigoblog) publicou, no sábado, a denúncia sobre a venda de copos de água da Casan nos bares do estádio do time do Imbituba, além de escrever a respeito aqui no Coluna Extra, também tenho acompanhado alguns veículos aqui de Santa Catarina para ver se o assunto entrou na pauta. É como escreveu o amigo Rodrigo Lóssio (@lossio) no Twitter: “Vamos ver se o blog pauta a mídia?”.

Por enquanto, até onde pude apurar, na chamada “grande mídia”, a denúncia só apareceu na coluna do cronista esportivo Polidoro Júnior, na edição do dia 15 do jornal Notícias do Dia, citando o post do Rodrigo. Ou seja, a venda, aparentemente ilegal, de um produto de uma estatal, ainda não recebeu a devida atenção e está longe de ser um assunto para ficar restrito a uma coluna sobre esportes.

Mesmo dando o desconto que um feriadão como o do Carnaval possa atrapalhar a produção de uma reportagem deste tipo, é um tanto quanto estranho não ver o assunto em destaque nos principais veículos de comunicação do estado. É pouco provável que alguém dos jornais, portais, TVs e rádios não tenho visto o post do Rodrigo ou os RTs publicados no Twitter sobre a denúncia. Se veem as picuinhas, por que não enxergar uma pauta sobre um tema relevante caindo de maduro? De todo o modo, veículos à parte, ainda existem profissionais interessados e sempre em busca de boas pautas. Por isso, encaminhei o link do post do Rodrigo e um resumo do assunto por e-mail para um amigo repórter de um jornal aqui do estado. E que a pauta que nasceu em um blog, não morra no blog.

Em tempo: a denúncia publicada pelo Rodrigo no blog também serve para medir até onde uma estatal do tamanho da Casan está preparada e interessada para lidar com as mídias sociais. Alguém da assessoria de comunicação procura referências à empresa no Google, Twitter ou outro site de busca?

Siga as atualizações do Coluna Extra pelo Twitter: http://twitter.com/colunaextra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário