Quando o Facebook virar “a” fonte... - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Quando o Facebook virar “a” fonte...

Nos últimos meses, Orkut e Facebook vêm travando uma disputa mais acirrada pela preferência do usuário de redes sociais no Brasil. O Facebook criou uma ferramenta para que o usuário pudesse chamar sua “turma” do Orkut. O Orkut, por sua vez, não só mexeu na ferramenta de exportação de contatos - um contratempo para os planos do Facebook - como lançou uma nova versão do site, com novo design, mais funções e mais possibilidades de personalização. Hoje, os resultados de uma pesquisa sobre redes sociais feita com 900 jornalistas de todo o Brasil adicionou mais ingredientes para uma análise sobre a disputa entre os sites de relacionamento.

A pesquisa, promovida pela S2 Comunicação Integrada (@s2comunicacao), mostrou que o Orkut e o Twitter são as redes sociais mais utilizadas pelos jornalistas, com 83,47% e 48,77% de presença, respectivamente. O Facebook aparece em terceiro lugar com 33,11%, seguido por MySpace (20,09%), Flickr (18,94%) e LinkedIn (15,81%). Outro item da pesquisa, que questionou sobre o percentual de utilização das redes sociais como fonte de informação, também apontou uma preferência pelo Orkut em relação ao Facebook. De acordo com a pesquisa, na região Sul, por exemplo, o Orkut é fonte de informação para 44,51% dos jornalistas entrevistados, seguido pelo Twitter (28,49%) e com o Facebook (9,40%) novamente em terceiro lugar.

E essa é um ponto importante na disputa entre Orkut e o Facebook no Brasil: a popularidade transformou o Orkut em fonte e, mais do que isso, no “famoso site de relacionamento” que os telejornais citam quando, por exemplo, um usuário morre de forma trágica e seu perfil vira ponto de visitação ou quando torcidas organizadas ou gangues de qualquer outro tipo usam comunidades para armar emboscadas contra rivais. O Facebook ainda parece distante de chegar neste estágio de fonte a ponto de ser relacionado a um fato que leve jornalistas para o site. Isso acaba sendo essencial para o crescimento de uma rede social - o sucesso do Twitter como fonte do nicho de “notícias” de “celebridades”, ainda que com algumas falhas e critérios de seleção duvidosos, não me deixa mentir.
A pesquisa completa da S2 Comunicação Integrada está disponível em pdf.
[Siga as atualizações do Coluna Extra pelo Twitter: http://twitter.com/colunaextra.]

Um comentário:

  1. Se nos últimos meses eles vêm travando uma disputa, a S2 Comunicação não tem um histórico de preferência, pra saber quem cresce mais ou menos?

    Blogger não foi citado?
    Não é bem um site de relacionamentos, mas cria uma rede muito boa com esse negócio de seguidores. É meu preferido como fonte.

    Até hoje eu ainda não vi nenhuma graça no Twitter.
    Fiz um Facebook pra ver como era. É um misto de Twitter com Orkut. Também não achei muita graça. Ou ainda não me adaptei.
    Mas eu só acesso Twitter e Facebook quando recebo algum spam envolvendo os nomes deles. Aí eu lembro que tenho e acesso pra ver como estão.

    Abraço!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário