Músico cria projeto para homenagear guitarra Tonante - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Músico cria projeto para homenagear guitarra Tonante

Desde 2006, João Paulo Rodrigues e Silva mantém uma comunidade no Orkut dedicada a guitarra Tonante, instrumento que é um “patrimônio” da música brasileira, já fora do mercado, que de tão ruim, virou cult. “Eu fui percebendo que a Tonante aparece em vários filmes nacionais memoráveis dos anos 80, em clipes de bandas de rock nacional renomadas e recentemente houve uma aparição como objeto de decoração no cenário do seriado Aline, da Globo”, conta João.

A partir disso, ele teve uma outra idéia para homenagear o instrumento fabricado pela empresa dos irmãos Abel e Samuel Tonante: publicar uma série de vídeos no YouTube onde João aparece tocando grandes clássicos do rock com sua Tonante. “A idéia do Projeto Tonante veio depois de lembrar de tudo o que li a respeito sobre a guitarra”, diz. “Me dei conta de que seria interessante tocar os clássicos do rock nessa guitarra porque acredito que a Tonante tem o mérito de estimular a percepção musical, te desafia a dominar o instrumento”, diz.

Sobre a má fama da Tonante, João acredita que isso tenha surgido por causa das tarraxas de afinação usadas pela fabricante, que eram adequadas para violões e não para guitarras. “Por esse motivo, o instrumento desafinava com frequência”, diz. Atualmente, além da Tonante que utiliza no projeto, João possui uma Hofma, guitarra semi-acústica da Eagle, baseada no modelo usado pelo lendário guitarrista Scott Moore, da banda de Elvis Presley.

Até esta quinta-feira, o Projeto Tonante, que começou em julho deste ano, somava seis vídeos publicados. A pedido do Coluna Extra, João, que tem 34 anos e toca na The Jonks Band, escolheu um dos vídeos para ilustrar este post: “Back in the URSS”, dos Beatles.



[Siga as atualizações do Coluna Extra pelo Twitter: http://twitter.com/colunaextra.]

13 comentários:

  1. Achei uma ótima iniciativa!
    Acho que no século XI as pessoas têm que acabar com velhos preconceitos.
    As guitarras Tonante são um patrimônio cultural nacional e merecem seu devido respeito.

    ResponderExcluir
  2. Ok, mas o cara tinha que tocar errado para combinar?:-)

    ResponderExcluir
  3. Anônimo1:52 PM

    parabéns joão, a reportagem ficou ótima e voce é um cara bacana.

    ResponderExcluir
  4. É isso aí Jonks! parabéns pela iniciativa. Meu primeiro instrumento foi um violão tonante e o segundo um contrabaixo. O violão tinha um timbre particular, o volume maior que os convencionais. Lembro que meu professor dizia que aquele tinha sido feito especialmente e eu havia tirado a sorte grande.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns João!!
    Bela iniciativa!
    Sucesso meu amigo! Beijão!

    ResponderExcluir
  6. MARQUINHOS11:51 PM

    PENSO QUE TUDO QUE GERA MÚSICA, TRÁS MUSICALIDADE E O CARA NÃO FICOU INERTE, ISSO QUE IMPORTA, SEM FALAR QUE ELE FEZ PRATICAMENTE UM REMIX COM A MÚSICA DOS BEATLES E SE EU NÃO TIVESSE ESCUTADO A MÚSICA DOS BEATLES, PODERIA DIZER QUE ELE CRIOU UM NOVO CLÁSSICO.
    TÁ MANEIRÍSSIMO CARA, MANDOU BEM
    ABRAÇÃO E SUCESSO PRA BANDA.

    ResponderExcluir
  7. Uhuuu...é isso ae João, ta ficando famoso heim...
    mas é isso ae, temos que manter viva a tradição Tonante!

    ResponderExcluir
  8. Bem, eu apenas fiz um improviso gente! rs rs rs

    ResponderExcluir
  9. Anônimo8:41 PM

    Isso ai cara, eu tenho um violão Tonante e ele tem um som maneirismo. A tonante Merece o Devido Respeito

    ResponderExcluir
  10. marcio machado10:03 PM

    galera , quem nunca teve uma tonante, iniciativa pela memoria da musica nacional , é sério parabens !

    ResponderExcluir
  11. Hilfox11:50 AM

    Parabéns,João pela iniciativa.Achei este teu blog procurando por guitarras Tonante,pois restaurei uma que tem a idade de mais ou menos 45 anos,sim é mesmo da época da Jovem Guarda.Sou solista da banda ALTAPRESSÃO aqui do Rio que toca Jovem Guarda e lá nos idos de 1965 tive uma Tonante também e a que restaurei tem certinho o timbre da nossa querida Jovem Guarda.(recado para as gerações mais novas: O instrumentista é que domina o instrumento!)

    ResponderExcluir
  12. Anônimo9:31 PM

    CARA VI TANTA GENTE NESTA NET FALANDO MAL DA TONANTE,,UMA PÁ DE MALUCO SEM TALENDO PROCURANDO MORIVOS PARA SUA DERROTA,,FOI ISSO QUE ENTENDI... NÃO FALO DAQUI NÃO,,NEM VI O VIDEO...PARA UM ARTISTA BEM NÃO TEM MARCA NÃO...É COMO JOGUAR BILHAR EM BUTECO SE O CARA É BOM ,,NÃO TEM PRA NINGUEM:)

    ResponderExcluir
  13. Amigos...ja tive Tonante...mas acho que apesar do aspecto historico, continuam sendo instrumentos horrendos.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário