Flodoardo barbudo para mascote #Rio2016 - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Flodoardo barbudo para mascote #Rio2016

O Lula do Frank (@frankmaia) sugere o “sapo barbudo” para mascote dos Jogos Olímpicos de 2016 na charge de A Notícia desta terça-feira.



E eu, em clima de pesquisa de pérolas para o Rock SC, sugiro o nome para o mascote “sapo barbudo” para Rio 2016: Flodoardo, criação da banda Expresso Rural, que acabou censurada na época de seu lançamento, em 1984, pelo “teor” da letra sobre o “sapinho diferente”. “Ninguém tinha intenção de gravá-la, mesmo porque, havia a menção das palavras ‘maconha’ e ‘bronha’ na letra, e naqueles tempos dos LPs, o limite ideal de músicas por disco era de 40 minutos. Ninguém podia desperdiçar preciosos minutos com a música de um sapinho boca-quente”, conta o baixista Paulo Back (@pauloback) no blog da banda em maio de 2007 (leia o post completo sobre a música). Eles tentaram driblar a censura usando efeitos de estúdio, mas não foi o suficiente e o disco ganhou o selo “Flodoardo: proibido pela censura”.

Assista ao clipe-animação produzido por Paulo Back e pelo chargista Clóvis Medeiros, em 1984.



[Siga as atualizações do Coluna Extra pelo Twitter: http://twitter.com/colunaextra.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário