A versão que não era versão - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sexta-feira, 15 de maio de 2009

A versão que não era versão

Nesta quinta-feira, entrei no site oficial do American Idol para buscar informações sobre o programa para uma chamada no BipMe e lá encontrei um vídeo curioso: os três finalistas do programa gravaram um comercial para a Ford cantando uma música chamada “Break my stride”. Ouvi a música, reconheci o refrão e até tuitei: Finalistas do American Idol num comercial da Ford cantando versão de “No te preocupes”, da banda argentina El Simbolo. Errei. Na verdade, “Break my stride” é a música original. “No te preocupes”, que tocou muito nas rádios brasileiras em 1996/1997, é que uma das muitas versões e regravações que “Break my stride” ganhou desde que foi lançada em 1983 pelo cantor Matthew Wilder. No YouTube, encontrei uma apresentação de Wilder em um programa de TV tipo Globo de Ouro, lá nos anos 80, tocando seu único sucesso. Assista (a versão do El Simbolo você confere também no YouTube, com o clipe oficial da música gravado na Bahia).



P.S.: Matthew Wilder virou produtor de discos e trilhas. Já o El Simbolo ainda existe, reduzido ao vocalista que assina Frank El Simbolo. Tem site e tem página no MySpace, mas não recomendo.

Leia posts sobre versões publicados no Coluna Extra.

[Siga as atualizações do Coluna Extra pelo Twitter: http://twitter.com/colunaextra.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário