Blogando na feira do livro de Florianópolis - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Blogando na feira do livro de Florianópolis

A 2ª Feira Catarinense do Livro começou hoje no Largo da Alfândega, em Florianópolis, e uma turma de alunos do curso de Jornalismo da Faculdade Estácio de Sá está aproveitando o evento para praticar: sob orientação do professor Rogério Mosimann, eles criaram um blog (Feira do Livro Floripa) para fazer a cobertura online e multmídia durante os doze dias de feira.
Coluna Extra - Como surgiu a idéia de criar o blog?

Rogério Mosimann - Na quinta fase temos uma disciplina sobre blogs e jornalismo. Cada aluno fez o seu blog, passamos a primeira metade do semestre experimentando a ferramenta e vendo as possibilidades de uso de ferramentas digitais para um blog jornalístico. A segunda metade da disciplina envolve um foco maior no conteúdo, como escrever e editar blogs. Então pensamos em fazer a cobertura de um evento para aprender isso fazendo. Os alunos que escolheram o evento, eles estão fazendo tudo (como não poderia ser diferente), eu sou um motivador (de pautas, de uso de ferramentas) e fico “pescando” exemplos do que eles fazem para discutirmos e percebermos na prática alguns conceitos e formatos que funcionam e não funcionam.
Entre os alunos, a experiência está sendo positiva sob vários aspectos. Jorge Oliveira Júnior, blogueiro do Papo Catarinense, destaca pontos relacionados à organização da cobertura. “Foi tudo segmentado, cada um cuidando de uma parte e no final converge todo mundo nos textos e nas fotos”, ressalta. “Tivemos uma pessoa que foi fazer a logística, temos uma sala no evento, e ela também conversou com a organização do evento, tanto que estamos linkados no site oficial da feira”.

Para Angélica Elisa Sonaglio, cobrir a feira está sendo importante pela prática jornalística. “A experiência de fazer um blog da feira é uma bela oportunidade para que consigamos nos antenar no cotidiano e aprender com as situações que a profissão nos propõe”, diz. Eli Camargo, outro aluno que participa do Feira do Livro Floripa, tem opinião semelhante e considera a cobertura também como “uma oportunidade de aprimorar o conhecimento das ferramentas da web e conhecer o dia-a-dia de repórter". “Identificar o que é notícia e produzir conteúdo de qualidade talvez seja o maior desafio no projeto”, conclui.

A 2ª Feira Catarinense do Livro termina no próximo dia 17.

[Siga as atualizações do Coluna Extra pelo Twitter: http://twitter.com/colunaextra.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário