Trilha para a macarronada - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sábado, 25 de abril de 2009

Trilha para a macarronada

Lembra de “Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones”, o maior sucesso dos Incríveis e um dos maiores da Jovem Guarda? A música é uma versão para “C'era un ragazzo che come me amava i Beatles e i Rolling Stones”, sucesso na voz do italiano Gianni Morandi. “Era um garoto...” não foi a única versão para um sucesso italiano que a banda gravou e virou sucesso também aqui no Brasil. A outra foi lançada há 40 anos: “O vagabundo”, do disco Os Incríveis, versão para “Giramondo”, gravada originalmente por Nicola Di Bari. Como curiosidade, nos dois casos as letras em português não fogem tanto do original em italiano. São mais adaptações do que versões tradicionais (com o esquema de “traduzir” a letra pela sonoridade e não pelo significado).

E graças ao YouTube, encontrei um vídeo com Nicola Di Bari tocando “Giramondo” numa cena para o filme L'immensità, de 1967 (procurei referências na internet sobre filme, mas encontrei pouca coisa até no imdb). Repare no visual A Vingança dos Nerds de Nicola, quase clone do Roy Orbison, mas não deixe de ouvir com atenção este clássico do país da bota. É para inspirar a macarronada deste domingo.

Um comentário:

  1. Ótimos links! Despachei para a italianada da família. Só faltou a macarronada.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário