Nove anos de Jornalistas da Web - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

segunda-feira, 2 de março de 2009

Nove anos de Jornalistas da Web

O site de notícias e comentários Jornalistas da Web (@jdaweb) completou nove anos no último sábado, dia 28. Referência entre os jornalistas brasileiros, o site foi um dos primeiros (e segue como um dos únicos) no Brasil especializado em informações sobre jornalismo digital e novas mídias. Como parte das comemorações, o JW prepara o lançamento de uma newsletter semanal. “O JW tem presença excelente em diversas mídias. Seja no meio móvel, via RSS ou através de serviços como o Twitter, o veículo vem entregando conteúdo com qualidade. A newsletter e o e-mail marketing são campos que faltavam ser explorado por nós”, conta Mario Lima Cavalcanti, fundador e diretor-executivo do site.

Em julho de 2006, publiquei uma entrevista com Cavalcanti. Entre os temas tratados na entrevista, reproduzo a análise feita por ele da relação entre jornalistas e internet, especialmente em relação à formação do profissional.

Coluna Extra - Como você analisa a relação entre a formação profissional e o mercado de trabalho no jornalismo online? A preocupação com a formação para esse meio já é uma realidade? E o mercado busca profissionais com uma formação específica?

Cavalcanti - A coisa toda está evoluindo nesse sentido. Vejo cada vez mais estudantes e jornalistas interessados no meio online buscarem especialização na área. O mercado, naturalmente, começa a se tornar mais exigente nesse sentido e procura dar valor a quem possui uma formação mais voltada pro meio, para quem já teve experiência em veículos digitais etc. Há cerca de dez anos, por quase não existir cursos e disciplinas ligadas exclusivamente a esse meio, dava-se muito valor a quem o conhecia, a quem era “rato de internet”. Não digo que isso mudou, mas o mercado hoje já pode exigir isso “por escrito” (diplomas, certificados etc).

Leia a entrevista completa.

[Siga as atualizações do Coluna Extra pelo Twitter: http://twitter.com/colunaextra.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário