Quem sabe faz ao vivo - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Quem sabe faz ao vivo

Já tive a oportunidade de trabalhar com o Frank (@frankmaia) em diversas ocasiões (sem contar que é dele a ilustração da primeira matéria que publiquei na vida, em 1991, lá no Zero, jornal do Curso de Jornalismo da UFSC). Hoje, no início da noite, tive uma oportunidade rara (um privilégio, na verdade) de chegar na Quórum, agência dos colegas Gastão Cassel e Jacques Mick, no exato momento em que o Frank criava a charge que estará na edição desta quinta-feira de A Notícia. Só não vi quando surgiu a idéia. De resto, acompanhei todo o processo:

- o desenho a lápis no papel;

- o contorno com nanquim;

- a secagem do nanquim com um ventilador secador de cabelo (Frank corrigiu minha viagem);

- o traço de lápis apagado com borracha;

- o escaneamento do desenho, via Photoshop;

- e no Photoshop, a pintura detalhada dos personagens e dos cenários;

- e ainda no Photoshop, um tratamento cuidadoso para a colocação de “luz” e sombra;

- a colocação da assinatura;

- a finalização da charge, devidamente salva;

- o envio da charge para uma penca de e-mails lá do A Notícia;

- o envio da charge para uma penca (ainda maior) de e-mails de amigos, colegas, conhecidos, desconhecidos e fãs que recebem o “Serviço de Xarjincasa” (quer receber? Escreva para o Frank);

- a publicação da charge no Xinelão;

- e, por fim, o envio e publicação no site Charges Online, que destaca o trabalho de chargistas de todo o Brasil (a do Barbeiro de Brasília foi o destaque do site nesta quarta-feira)

O resultado de todo esse processo? Divertido e crítico, como toda charge deve ser (da próxima vez, filmado ou fotografo, com certeza).



[Siga as atualizações do Coluna Extra pelo Twitter: http://twitter.com/colunaextra.]

2 comentários:

  1. Alexandre, tenho o privilégio (é privilégio mesmo!) de assistir o parto da charge quase todos os dias. Logo quando tu deu o ar da graça eu não estava...
    Mas tem uma etapa que tu não conhece. Desde que chega, o Frank esbugalha freneticamente todos os jornais, blogs, site e o escambau "procurando a charge". As vezes olha para a gente e indaga pela piada do dia, como se a gente tivesse devendo para ele. Ou seja, você testemunhou a parte linda, o estresse a gente segura, todo dia. Sempre se divertindo, porque a presença do Negão é sempre risada garantida.

    ResponderExcluir
  2. obrigado por não contar aquele segredinho hehehehe...e não é ventilador, maluco! é um secador de cabelo conquiatado com os pontos do cartão do angeloni kuakuakuakua...e pra terminar, essa foi capa do chargenline de novo! tou faceiro, faceiro!
    abrazzzzzz

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário