Blog temático vai virar site - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Blog temático vai virar site

Desde o início de fevereiro, o blog Não Vivo Sem Cosméticos, da jornalista Andréa da Luz, está de endereço novo (www.naovivosemcosmeticos.com.br) e breve vai mudar de cara também, se tornando um site para incluir especiais hipermídia (texto, áudio e imagens), colunas de especialistas, entrevistas, matérias e coberturas de eventos. “A conquista de espaço junto ao público ligado ao segmento de beleza e o fato de ter se tornado uma referência quando se fala em jornalismo especializado em cosméticos no Brasil são as grandes motivações para a ampliação”, comemora Andréa. Em termos de audiência, após mais de dois anos no ar, o blog superou a média dos 10 mil acessos mensais e das 18 mil exibições de página.

O desempenho e a transformação do Não Vivo Sem Cosméticos em site servem de gancho para levantar uma questão importante para quem já está ou pensa em entrar na blogosfera: blog temático tem mais chance de emplacar do que um blog sem um tema específico? Difícil responder com 100% de certeza, mas não dá para negar que fica mais fácil se tornar referência quando se trabalha com um tema único, como no caso do Não Vivo Sem Cosméticos e tantos outros blogs. Faça o teste. Pense em um blog de humor, por exemplo. São grandes as chances de ser o mesmo que eu pensei. Kibeloco.

Ficou interessado em abrir um blog temático? Já tem um tema? Só não esqueça que escolher um tema (em evidência ou não) não é o suficiente para garantir um bom retorno de público e até comercial. Blog desorganizado, sem nenhuma proximidade com leitores e outros sites e blogs, escancaradamente poluído (propagandas, pop-ups...), sem atualização frequente, editorialmente mal resolvido (control C, control V) e perdido no tempo e no espaço (“novidades velhas”), no máximo, vira mau exemplo. E fica muito longe de ser referência.

[Siga as atualizações do Coluna Extra pelo Twitter: http://twitter.com/colunaextra.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário