quarta-feira, 30 de abril de 2008

Mais uma dose de Web 2.0

O whisky Passport está lançando seu novo site e em vez da tradicional página institucional, a marca resolveu beber na fonte da Web 2.0 para criar o portal Green Project (www.thegreenproject.com.br). A idéia é simples: reunir usuários/consumidores em uma grande comunidade virtual onde cada um poderá criar seu perfil e colaborar com o conteúdo do site através de blogs, podcasts, vídeos e fotos. De forma colabortativa (e participativa), os usuários poderão divulgar festas, shows, casas noturnas, bares e restaurantes. O Green Project terá também a participação de “usuários vips” (DJs, designers, videomakers...). “Nosso objetivo é reunir e dar voz os consumidores de Passport e pessoas que fazem parte do universo da cultura urbana em geral”, explica Eric Sampers, gerente de marketing de Passport. “Como não queríamos lançar apenas um site institucional da marca, surgiu a idéia de criar uma comunidade de internet 2.0 em que temos troca de informações e colaboração dos internautas”.

Post peladeiro # 007

Do flamenguista Frank Maia, de A Notícia. Precisa de legenda?

Post peladeiro # 006

O goleiro-peladeiro Fernando Boppré mandou para a lista do Peladeiros Futebol Clube o link para o “VT completo” de Filósofos Gregos x Filósofos Alemães, um clássico (legendado) do Monty Phyton. Originalmente, o jogo é parte de um especial do grupo para a TV alemã, mas acabou sendo incorporado (exibido) durante o show Ao Vivo no Hollywood Bowl (que está sendo lançando em DVD). O vídeo circula há um bocado de tempo na internet. Na lista dos Peladeiros, se não me engano, é a segunda vez que é distribuído. Mas nunca é demais ver a seleção inglesa do humor em campo. Divirta-se.

terça-feira, 29 de abril de 2008

Aventura do padre virou até joguinho

Escrever uma vez sobre o padre voador seria o suficiente. Mas enquanto as buscas pelo padre Adelir prosseguem em menor proporção, o pessoal não perdoa e segue fazendo graça com a desgraça alheia. Além de uma série de fotos que repetem a piada do Tourist Guy, colocando a imagem do padre pendurado nos balões em diversos lugares/cenários (assista um vídeo), a aventura deu origem a um joguinho (vi no De Olho na Capital e no Diários Imaginários) onde o internauta comanda o vôo de Adelir.

Clique aqui para jogar.

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Créditos divididos

A idéia de ir ao cinema para assistir a um show nunca me animou muito. Mas fiz uma concessão e fui ao cinema no sábado para assistir Shine a Light, o documentário-show dos Rolling Stones, dirigido por Martin Scorsese. Fui assistir dando mais crédito ao Scorsese, que em 1978 fez o clássico The Last Waltz, da The Band (tesouro da minha pequena DVDteca), do que aos Stones (seria mais um show dos muitos que já vi deles na TV?). Mas no fim das contas, o ingresso vale tanto por um quanto pelo outro. É tudo muito bem conduzido, as performances (Keith Richards é genial), os takes... E a apresentação no Beacon Theatre, em Nova York, é amarrada com imagens dos preparativos do show e de entrevistas de arquivo, sempre recheadas com o humor irônico, sarcástico e britânico da banda - que contagiou até o nova-iorquino Scorsese.

Assista ao trailer.

sábado, 26 de abril de 2008

Match point: agora virou piada

Escrevi o post Bola fora e mandei e-mail para o Glama Set avisando sobre o erro na nota sobre o Guga e sua nova namorada. Fui lá no site conferir se a nota havia sido corrigida e o que eu encontro? Isso (destaques meus):

Depois de terem sido flagrados na quinta-feira na praia de Ipanema, o famoso tenista gaúcho Gustavo Kuerten, conhecido como Guga, de 31 anos, e a nova namorada voltaram a ser vistos ontem, desta vez no popular restaurante Celeiro, no bairro do Leblon, conhecido por ser frequentado por celebridades.

Descontraídos, apesar da presenta das objectivas, os dois estiveram a almoçar demoradamente e abandonaram o local juntos, para passear um pouco pelas ruas daquele selecto bairro carioca.

Guga, natural de Florianópolis, é o maior tenista de sempre do Brasil e um dos nomes cimeiros da modalidade a nível mundial.




Além de repetir que o tenista é gaúcho natural de Florianópolis, o texto, que termina da mesma forma que o anterior, desta vez traz três links para o site do Guga (será que alguém da redação acessou o site alguma vez?).

Atualizado em 27 de abril, 12h40min: Recebi um e-mail do Glama Set agradecendo a correção e pedindo para deixar a informação correta na área de comentários - o que não vou fazer porque para isso é preciso fazer um cadastro, o que não me interessa. De qualquer forma, o Glama Set publicou hoje, às 16h09 (horário de Portugal), a seguinte nota de retificação:

Por lapso, na notícia em que se dá conta do novo flagra de Gustavo Kuerten, conhecido como Guga, de 31 anos, a almoçar com a namorada no restaurante Celeiro, no Leblon, o famoso tenista tricampeão do Roland Garros foi referenciado como sendo gaúcho.

Ora, tal como vários utilizadores do Glama Set amavalmente nos explicaram, sendo Guga natural de Florianópolis, capital do Estado de Santa Catarina, é catarinense e não gaúcho, nome que se dá aos naturais do Estado de Rio Grande do Sul.

Além disso, a sua nova namorada é uma figura relativamente conhecida no Brasil. Trata-se de Carol, jogadora de voleibol de praia, filha da famosa ex-jogadora da selecção brasileira de vólei, Isabel. E mais: a mãe de Carol está casada com Thomaz Koch, de 62 anos, o tenista brasileiro que melhores resultados obteve até ao aparecimento de Guga na alta competição. Uma curiosa coincidência que junta assim, ainda que de forma indirecta, dois dos grandes nomes do ténis brasileiro.

Bola fora

Não vou fazer piada de português (e nem um tratado bairrista, que fique claro). Mas não dá para deixar de passar essa pérola do site de Lsiboa Glama Set, encontrada pelo colega Paulo Evangelista, do Esportes do clicRBS. Diz o Glama Set (com destaques meus):

O famoso tenista gaúcho Gustavo Kuerten, conhecido como Guga, de 31 anos, foi flagrado ontem na praia de Ipanema, no Rio, com uma mulher desconhecida que se suspeita ser a sua nova namorada. O casal esteve sentado na praia, debaixo de um chapéu de sol, para se proteger do calor, e bebeu água de coco para refrescar, quando decidiu ir embora.

Guga, natural de Florianópolis, é o maior tenista de sempre do Brasil e um dos nomes cimeiros da modalidade a nível mundial.




Pelo texto, dá para concluir que geografia não é o forte do site. Ou deve ter rolado uma certa preguiça para acessar o site do Guga (que está linkado duas vezes no texto) para conferir dados básicos do tenista. Outro detalhe no texto é a tal “mulher desconhecida”. Pode não fazer diferença para os leitores de Portugal, mas a desconhecida - momento TV Fama do Coluna Extra - tem nome e árvore genealógica: é Carol, jogadora de vôlei de praia, filha da ex-jogadora da seleção Isabel. A pérola é das 15h03 de ontem, dia 25, e está lá ainda (mandei um e-mail sugerindo a correção).

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Você riu do padre voador?

Pode confessar também: sim, eu ri e fiz piada da desastrosa aventura do padre Adelir. Com todo respeito aos parentes e amigos do padre voador, mas a situação é tão surreal que é impossível não rir de tamanha maluquice. Ok, mais gente pelo mundo voa pendurada em bexigas (veja o site www.clusterballoon.org). Mas com toda certeza levam mais a sério a questão segurança. Voar em condições ruins de tempo para a prática de qualquer esporte aéreo? Sem saber operar o GPS? E sem baterias reservas? Sinceramente... Nem fui no Orkut procurar perfis falsos ou comunidades dedicadas ao padre. Mas já visitei o blog http://padrevoador.wordpress.com, já fiz piada (“Será que ele sabe operar o Terço?”), já vi o padre sobrevoando os perdidos de Lost e já votei na aventura no prêmio Darwin (concedido às pessoas que desaparecem ou morrem de um jeito, digamos, estúpido - vote aqui).

Danilo Gentili em Florianópolis

O comediante Danilo Gentili, destaque do programa CQC da Band (é ele o “repórter inexperiente”) e integrante do Clube da Comédia, apresenta seu espetáculo-solo de standy-up comedy neste domingo, dia 27, no Teatro do CIC, em Florianópolis. A apresentação começa às 19h e os ingressos estão à venda na bilheteria do CIC ao preço de R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada). Para mostrar o humor de Danilo Gentili, escolhi dois vídeos. O primeiro é de uma participação dele no show Comédia ao Vivo em São Paulo.



O segundo vídeo mostra Danilo em ação no CQC. Escolhi o da “visita” que ele fez ao Congresso Nacional (é praticamente uma reencarnação do Ernesto Varela e suas perguntas desconcertantes).



Assista outros vídeos do Danilo Gentili no YouTube (incluindo a impagável entrevista com a “cantora” Gretchen).

A parada é outra

Na terça-feira, leitores da Folha de S.Paulo receberam um brinde inusitado do site Trama Virtual, que pertende ao Grupo VR: um “kit”, composto por quatro páginas de papel couché branco e um CD-R virgem, que faz parte da campanha publicitária criada para divulgar o Download Remunerado, uma das melhores soluções para o “problema” do download gratuito de músicas. A idéia é relativamente simples: o download das músicas disponíveis no www.tramavirtual.com.br é gratuito, mas a banda/artista é remunerada quando uma música é baixada. O dinheiro dessa remuneração não sai do bolso de quem faz o download. Vem do patrocínio de empresas, que se tornam uma espécie de “mecenas” do projeto e que têm suas marcas exibidos no processo de download. Os artistas recebem um valor predeterminado diretamente em conta corrente a cada download realizado no site.

Publico abaixo o ranking com as mais bandas que mais faturaram com o Download Remunerado. Os dados foram repassados pela RP1 Comunicação, assessoria de imprensa da Trama (os links nos nomes das bandas levam para as respectivas páginas no Trama Virtual).

Ranking do Download Remunerado

DANCE OF DAYS
Downloads: 149.155
Valor recebido: R$ 12.385,41

Fresno
Downloads: 41.669
Valor recebido: R$ 3.838,20

Glória
Downloads: 48.203
Valor recebido: R$ 3.452,63

Aditive
Downloads: 44.247
Valor recebido: R$ 3.325,26

emo.
Downloads: 38.090
Valor recebido: R$ 2.720,19

Pull Down
Downloads:26.444
Valor recebido: R$ 2.489,07

Granada
Downloads:26.663
Valor recebido: R$ 2.408,97

Superguidis
Downloads: 23.768
Valor recebido: R$ 2.322,68

Cueio Limão
Downloads: 25.626
Valor recebido: R$ 2.176,93

Montage
Downloads: 21.607
Valor recebido: R$ 1.908,42

(Para se cadastrar no Trama Virtual clique aqui.)

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Post peladeiro # 005

Ano passado dei de presente para meu filho o livreto O Dia Em Que Me Tornei São-Paulino, que traz um texto do ator/diretor Selton Mello e alguns dados sobre a história do São Paulo. Achei muito interessante a idéia do livro e até me motivou a retomar um antigo projeto de torcedor, ainda sem data (nem tempo) para ser concluído. Mas hoje, tive mais uma motivação. Recebi pelo mailing da Sucesso News, que distribui notícias do mercado da música, a informação sobre o lançamento do livro infanto-juvenil Meu Pequeno Gremista, escrito por Humberto Gessinger, “dono” da banda Engenheiros do Hawaii. O livro faz parte de uma coleção Meu Time do Coração, recém-lançada pela editora Belas-Letras que terá edições dedicadas aos principais times brasileiros. Por enquanto, a Belas-Letras, que é de Caxias do Sul, optou por fazer um Gre-Nal, lançando, além do livro de Gessinger, Meu Pequeno Colorado, escrito por Luís Augusto Fischer, professor de Literatuta Brasileira da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mais informações sobre a coleção Meu Time do Coração no site www.meutimedocoracao.com.br.

A noite trepidante do Twitter

Fiquei sabendo do tremor de terra que atingiu as regiões Sul e Sudeste através do Twitter. Estava no meu horário de intervalo no clicRBS, acessei ao Twitter e encontrei vários posts com #terremotosp e #terromoto - é assim (com o # + palavra) que são identificados os posts coletivos por lá. No início, deu até para desconfiar. Será verdade ou será mais uma brincadeira dos twitteiros? Não era brincadeira. E o Twitter virou um canal para a troca de informações sobre o tremor, registrado inicialmente na cidade de São Paulo. Confirmou, na minha opinião, mais uma vez a utilidade do Twitter como ferramenta para jornalistas. Via busca no site Tweetscan.com, dá para conferir todos os posts publicados de ontem para hoje no Twitter que fazem referência à palavra "terremoto" (ali dá para perceber que teve espaço também, como era de se esperar, para boas piadas, como a idéia de comercializar camisetas com a frase “Eu não senti nada”).

terça-feira, 22 de abril de 2008

Amante na China no SporTV

Acabei de ver no Redação SporTV um vídeo do jornalista Richard Amante, formado na UFSC, que está na China e de lá mantém o blog Amante na China. No vídeo, ele mostra sua visita ao Cubo D'água, como está sendo chamado o Centro Aquático Nacional em Pequim onde serão disputadas as competições de natação nas Olimpíadas.



Os posts mais recentes publicados no blog mostram fotos e vídeo sobre a goleada de 5 a 1 em Gana que classificou, no sábado, a Seleção Brasileira de futebol feminino. E além dos preparativos e expectativas para os Jogos Olímpicos, o conteúdo do blog inclui também impressões do Richard sobre o seu dia-a-dia desde setembro de 2007, quando desembarcou na China. O endereço do blog é www.amantenachina.com.br.

domingo, 20 de abril de 2008

Próxima parada: CriatiCidade

No dia 1° de março do ano passado escrevi aqui no Coluna Extra a respeito do lançamento do Ning, site de relacionamentos criado por Marc Andreessen, co-fundador da Netscape (o primeiro grande rival do Explorer). No post, destaque para uma declaração de Gina Bianchini, co-fundadora do Ning, que já indicava o perfil diferenciado do novo site: “Outros sites de redes sociais pedem que você participe do mundo deles. Nossa proposta é que as pessoas criem seus próprios mundos”. Gostei da idéia - avançada para a época - especialmente pela flexibilidade proporcionada, mas confesso que acabei navegando pouco por lá. Mas nos últimos dias, voltei a freqüentar o site a partir do convite do publicitário Emílio Cerri, do ComGurus/Tudo Comunica, “prefeito democraticamente autonomeado” da CriatiCidade, “mundo” criado dentro do Ning e que reúne profissionais de comunicação de diversas áreas. “A CriatiCidade, na verdade ainda uma aldeia em fase de expansão, é aberta à todas as manifestações criativas e aqui existem largas avenidas para a livre circulação das idéias”, descreve Cerri. Recomendo. E para participar, clique aqui.

Saiba mais sobre o CriatiCidade.

quinta-feira, 17 de abril de 2008

All Together Now...em junho

A newsletter do site oficial dos Beatles avisa: em junho de 2008, será lançado o DVD All Together Now, documentário que mostra os bastidores do espetáculo Love, do Cirque du Soleil, criado a partir de músicas do quarteto de Liverpool. O DVD mostra a concepção do projeto, as negociações entre as partes, os ensaios e uma apresentação em Las Vegas, além de detalhes sobre a produção musical do espetáculo, a cargo de Sir George Martin, um dos “quinto Beatle”, e seu filho, Giles. O documentário será dedicado à memória de Neil Aspinall, outro da lista de “quinto Beatle”, recentemente falecido, que foi um dos produtores executivos do projeto.

O site dos Beatles ilustra a notícia com um take histórico dos bastidores de Love: Yono Ono, Paul McCartney e Ringo Starr juntos (o senhor à direita de Paul é o genial George Martin).



E para quem não sabe, “All Togeter Now” é uma das músicas da trilha de Yellow Submarino (refrão extremamente fácil...para cantar junto). Veja o vídeo.

Orkut sem cara de Orkut

Acostumado com as fotos de amigos e logos de comunidades que aparecem na página inicial do Orkut? Mas agora o site de relacionamentos do Google oferece uma versão mais leve, recomendada especialmente para quem utiliza conexão discada, onde a única imagem exibida é a do dono do perfil. Para trocar o layout da página inicial, vá até a área de configurações e em “geral” escolha a opção “exibir a versão de baixa largura de banda do orkut” no item “pouca largura de banda”. A área de notificação de aniversários, por exemplo, sem as fotos dos aniversariantes, ficou parecendo o Google Agenda (será que rola integração?). E detalhe: ao mudar o modo de visualização, você verá não só o seu, mas todos os perfis (de amigos ou não) sem imagens nas áreas “amigos” e “comunidades”.

terça-feira, 15 de abril de 2008

MySpace pega carona no Orkut

O assunto relacionado à internet mais comentado do dia: a ação do MySpace Brasil que adotou uma ferramenta que permite ao usuário importar e adicionar seus contatos do Orkut. O procedimento - importar contatos de outros sites - não é incorreto nem novidade. Tanto o MySpace quanto o Orkut já oferecem essa opção para quem usa e-mails do Gmail e do Hotmail, por exemplo. O problema que vejo na ação do MySpace é a forma como o site está divulgando a novidade. Ou seja, o MySpace, líder em redes sociais nos Estados Unidos que ganhou versão em português em dezembro, está pegando uma baita carona no site de relacionamento do Google, disparado o mais acessado no Brasil, para aumentar sua audiência.

O tom do e-mail marketing enviado para os usuários já começa meio pilantra no campo “Assunto”: “Traga todo mundo pra cá agora mesmo”. É uma ordem? Já fica claro o objetivo da ação: aumentar o número de usuários no MySpace e não necessariamente reunir os amigos na rede. E não fica só nisso. Lá no meio desse e-mail marketing, o MySpace, querendo fazer graça, diz o o seguinte: “Mas se você ainda sente falta daqueles malas que ficaram no Orkut, pode convidar todo mundo pro MySpace”. Eu não acho que usar o concorrente seja a melhor estratégia para ampliar sua fatia de mercado. Isso vale para qualquer tipo de negócio, mas na internet, com o poder de mobilização dos internautas, fica ainda mais complicado agir dessa forma. E a carona vai para o space, com o perdão do trocadilho.

Sobre o assunto, leia também:

INFO Online: MySpace importa contatos do orkut

Folha Online: MySpace usa Orkut para aumentar número de usuários no Brasil

G1: MySpace lança ferramenta para importar amigos do rival Orkut

GoogleDiscovey: “Traga todo mundo do Orkut pra cá agora mesmo”

UnderGoogle: Myspace atraindo contatos do Orkut

Post peladeiro #004

Essa onda de mostrar a torcida cantando (com legendas) nas aquibancadas é uma das coisas mais irritantes do momento. Quem está em casa quer ver o jogo, sem perder nenhum lance. Mas tem quem goste e enxergue nessa onda uma boa oportunidade de negócio. A Som Livre, por exemplo, braço fonográfico da Rede Globo, está colocando na praça uma série chamada Canto das Torcidas que na primeira leva reúne os hinos oficiais e as “músicas” cantadas nas arquibancadas pelos torcedores de Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo. Diz o release que “além da versão original, nas vozes dos torcedores, os quatro CDs trazem mais duas versões do canto de cada torcida: uma em ritmo funk, assinada por Dennis DJ, e outra em estilo dance, criada pelo conceituado produtor Paulo Jeveaux (quem?)”. Mas como o torcedor do Flamengo é um “privilegiado”, o CD rubro-negro é o único que vem com uma faixa extra de presente: uma versão exclusiva do “Eu sempre te amarei (Raça, amor e paixão)” (aquele cantado sobre a melodia do Tema da Vitória da Fórmula Um) na voz do flamenguista Latino. Vai encarar ou tirar o time de campo?

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Procura-se “guitarrista-recordista”

A Ediouro lança em maio no Brasil o Guinness Games 2008, a versão com fatos e feitos relacionados ao mundo dos jogos do tradicional livro dos recordes. E entre os recordistas, conforme reportagem da Folha Online, está o catarinense Rodrigo Lopes, de 28 anos, que aparece no livro como autor de seis recordes obtidos nos games Legend of Zelda e Metal Gear Solid. E aproveitando o lançamento da edição brasileira, o Guinness Games está em busca do jogador que possa quebrar o recorde e entrar no livro com a “Mais Alta Pontuação do Guitar Hero”. Encara o desafio? Detalhes no endereço http://gamers.guinnessworldrecords.com.

quarta-feira, 9 de abril de 2008

Do K-7

Você é do tempo da fita cassete ou K-7? Eu sou e lembro até hoje das muitas vezes que fiquei com o REC do 3 em 1 preparado para gravar músicas que tocavam nas FMs aqui de Florianópolis em meados dos anos 80. A fita cassete também servia para gravar discos e fazer coletâneas para compartilhar as novidades musicais com os amigos (leia ou assista Alta Fidelidade para “captar” a idéia). Esse clima nostálgico dos tempos do K-7 é o mote do Muxtape, um site que permite ao usuário compilar 12 músicas em uma “fita cassete digital”.

A idéia é bacana. O usuário ganha um endereço (o meu é colunaextra.muxtape.com) e pode alterar sua coletânea quantas vezes quiser. Minha lista atual inclui músicas que estou ouvindo agora, algumas das minhas favoritas e outras raridades que baixei recentemente. Como a idéia é compartilhar, dá para criar uma lista de “fitas” favoritas e, além disso, cada página tem um endereço de RSS para avisar quando a lista de músicas é atualizada (do Coluna Extra é http://colunaextra.muxtape.com/rss). A qualidade do áudio é muito boa também. Só achei lento na execução. Rolam algumas emperradas, como no YouTube. E o jeito é esperar chegar ao 100% para ouvir sem interrupções - vale a pena.

Descobri o Muxtape no Esquerda Festiva, do amigo Ulysses Dutra, que montou uma seleção da pesada em ulysses.muxtape.com. E lá no blog dele, deixaram a dica sobre o Mixwit, um site mais ou menos na mesma linha do Muxtape.

terça-feira, 8 de abril de 2008

A despedida da Pipodélica

O boletim do MySpace Brasil informa:

Na próxima quinta, dia 10, os fãs da banda catarinense Pipodélica vão poder conferir o último álbum do grupo, Não esperem por nós na íntegra no MySpace (http://br.mypace.com/pipodelica ao contrário do que divulgou a assessoria do MySpace, o endereço correto é www.myspace.com/pipodelica). Depois de oito anos de rock psicodélico, a banda anunciou seu fim em março e você confere os últimos suspiros sonoros nesse álbum inédito. “São músicas para um mundo melhor de pessoas normais que estão envelhecendo com dignidade”, explica o baixista M. Leonardo. “Já está registrado e agora tem vida própria. Estará pra sempre por aí. É assim que entendo música”, completa o guitarrista e vocalista Eduardo XuXu.

Leia o comunicado oficial sobre fim da banda no blog do Marquinhos (as músicas de Não esperem por nós também estão disponíveis para download neste link).

Tags:

domingo, 6 de abril de 2008

O artista Guitar Hero

Medir popularidade com a ajuda da internet é relativamente fácil. Você pode entrar no Orkut (ou num “famoso site de relacionamento na internet”, como dizem os telejornais) e pesquisar a quantidade de comunidades que determinado tema possui. Já é um número. Ou então, você pode se deparar com isso: o Guitar Hero, o mais famoso game de música do momento, aparece na lista de “artistas” do Cifra Club, principal site de músicas cifradas do Brasil. No total, são 28 cifras e 17 tablaturas (além da página de letras e traduções com 171 músicas). O detalhe, que reforça a popularidade do jogo, é que a página com as cifras é abastecida pelos próprios usuários do site. Ou seja, os fãs do Guitar Hero publicam e compartilham com outros fãs as cifras das músicas executadas no jogo.

Tags: ,

Comentários por e-mail

Ainda sobre o TSE e a internet

“Como impedir que o candidato X mande fazer panfletos contrários ao candidato Y e distribui-los? Há sempre alguém para burlar a lei desde que a lei exista. Mas se ela não existe...

Nos Estados Unidos, por exemplo, qualquer spot de TV veiculado ou material de campanha de rádio deve vir acompanhado de uma declaração do candidato dizendo ..‘eu sou fulando de tal e apóio este anúncio’. Você mesmo deu a solução para este ‘problema’ em poucas linhas. A sensação que passa é que o TSE está com uma certa preguiça de legislar sobre uma área onde há total desconhecimento. Talvez por pensarem que internet no Brasil ainda é coisa de poucos.

Não é só o TSE que fecha os olhos à web. Nossas emissoras de TV, nossos jornais, todos custam a enxergar as mudanças que o novo meio impõe. Não à toa, programas antes imbatíveis como Fantástico, enfrentam dificuldades. Estive recentemente nos Estados Unidos e vi que o YouTube é usado com freqüência lá em telejornais. Vocês imaginam isso no Jornal Nacional???”


Nara Franco
jornalista

“Não é do meu tempo”

“Tem comercial que pega mesmo. É como aquele do ‘primeiro sutiã a gente nunca esquece’. A gente pode até esquecer a marca, mas a frase fica. Mas, aproveitando a oportunidade, quero informar que meu filho, que está com 16 anos - o comercial (do Fernandinho) também não é do tempo dele :), está fazendo o Blog do Leão da Ilha, no Kzuka (produto do Grupo RBS para o público jovem). Ele entra no ar, oficialmente, na segunda-feira. Como o meu filho ainda não tem dinheiro para pagar uma assessoria de imprensa, a mãe está fazendo de graça para ele.”

Mylene Margarida
jornalista

Tags: ,

sábado, 5 de abril de 2008

“Não é do meu tempo”

Meu filho Vitor, de 13 anos, entrou no carro e soltou essa:

- A mãe viu minha camisa nova e disse: “Bonita camisa, Fernandinho”. Não entendi nada. Não é do meu tempo. O que é isso?

Respondi. E disse para procurar por “camisa Fernandinho” no YouTube para assistir ao comercial. Eu mesmo acabei fazendo isso e descobri que o comercial é de 1984, dez anos antes do Vitor nascer. Não é mesmo do tempo dele.



Tags:

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Ainda sobre o TSE e a internet

Ouvi de um amigo que trabalha no Tribunal Regional Eleitoral aqui em Florianópolis algumas considerações sobre as regras do TSE para o uso da internet nas eleções 2008. Ele não atua na área que trata dessas questões no TRE, mas citou argumentos que até considerei plausíveis. Um dos argumentos compara a internet com a mídia impressa no seguinte aspecto: ao decidir que “a propaganda eleitoral na internet somente será permitida na página do candidato destinada exclusivamente à campanha eleitoral”, o TSE quer evitar que sejam criadas páginas falsas sobre o candidato, assim como em outras eleições, inclusive em Santa Catarina, foram distribuídos jornais e panfletos falsos aos eleitores para “queimar” determinado candidato.

Ainda que considere esse um argumento interessante, acredito que o TSE poderia avançar, estabelecer regras para a participação efetiva do eleitor e não o contrário. Claro, desde que esteja correta a compreensão de que a resolução do TSE impede o eleitor de criar, por exemplo, um blog ou um canal no YouTube para tratar do candidato da sua preferência - e muita gente pensa assim. Se o receito é evitar crimes eleitorais, como as páginas falsas, por que não criar um mecanismo de vínculo das ações dos eleitores com os sites oficiais? Não sei quais implicações legais isso poderia ter, mas o site oficial poderia exibir uma lista de links dos blogs, sites, fotologs, comunidades, etc., que apóiam o candidato e isso serviria de alguma forma de “certificado de autenticidade”, com algum tipo de cadastro. Tem o link, ok. Não tem, é falso, no mínimo, suspeito. Idéia simplória/democrática demais para os padrões brasileitos?

Coloquei o capítulo que trata da propaganda na internet neste link, onde também está um comentário do jornalista e blogueiro (de casa nova) Fábio Ricardo, de Blumenau.

Tags:

O sonho de Nilza

Repasso mensagem da minha amiga Adriane Canan:

Estamos numa campanha por votos no vídeo de nossa amiga Nilza, numa promoção da rádio Jovem Pan para ganhar um apartamento. Nilza é uma grande mulher, uma batalhadora, que não deixa a deficiência visual ser limite para sua independência. Mora sozinha, trabalha 12 horas por dia, paga aluguel e toca a vida. É minha vizinha, aqui em Florianópolis.

Entre no site www.cadeomeuprimeiroape.com.br, procure o vídeo "O sonho de Nilza". Clique e assista. Depois, clique nas estrelinhas que aparecem ao lado (de preferência nas CINCO!). Preencha seus dados, confirme o código de segurança e vote. Você vai receber no seu e-mail uma mensagem de confirmação. Acesse e confirme, só assim o voto será computado.

Avise os amigos e amigas! Os dez mais votados serão finalistas!


Eu já votei. E dá para ir direto no vídeo da Nilza através deste link. Vai lá.

quarta-feira, 2 de abril de 2008

TSE na contramão

Coloquei na pasta de pautas um link para um concurso inusitado: Obama in 30 Seconds, que vai premiar (e utilizar) vídeos criados por cidadãos americanos para a campanha do candidato a candidato Obama Barack. Mas antes que pudesse comentar mais essa ação criativa e antenada envolvendo Obama, apareceu um “caminhão” na contramão e CRASH!, derrubou minha pauta. Por sorte, anotei a placa do “caminhão”: TSE 2008 (carregado de regras atrasadas para as eleições 2008).

É ou não é andar na contramão proibir o uso de blogs, Orkut, YouTube, Twitter como ferramentas na campanha eleitoral? Decisão estranha para uma instituição que prega modernidade com o sistema de votação eletrônica e, pior, que faz campanha para sensibilizar os jovens sobre a importância do título de eleitor e do voto (ironicamente, os vídeos estão no YouTube).

Quando fui buscar o link para o vídeo da campanha para os jovens, encontrei a seguinte descrição: “A iniciativa (da campanha) tem o objetivo de aumentar o número de eleitores nessa faixa etária (entre 16 e 17 anos) que caiu quase à metade entre outubro de 1992 e junho de 2007”. É praticamente um briefing do que poderia ser feito usando justamente as ferramentas ignoradas pelo TSE. Ou usar a internet não é uma forma eficaz de levar informação e de incentivar a participação dos jovens no processo eleitoral? Participação, aliás, que poderia começar bem antes da divulgação de qualquer ação, ainda na fase de criação. Por exemplo, por que não envolver os jovens através de concursos de criação de vídeos em escolas? Alguém pode dar um Ctrl+F5 - só F5 não deve bastar - no TSE?

Em sua coluna no caderno Link, do Estadão, o jornalista Pedro Doria acerta na mosca quando escreve que:
Por ignorância de como o mundo funciona, o TSE cometeu um erro muito, muito grave. Não é à toa que o eleitorado jovem está particularmente engajado na eleição que corre nos EUA. Os candidatos estão se comunicando com eles pelo meio de comunicação que adotaram. No Brasil, não é diferente. Seja na casa de um rapaz de classe média, seja num cybercafé da periferia paulistana, estão todos com 25 anos ou menos pendurados nos Messengers da vida. A partir desta canetada, a juventude foi cortada do diálogo eleitoral.
O Último Segundo publicou uma ótima e ampla reportagem sobre o assunto: Para blogueiros, juízes brasileiros não compreendem internet.

Tags:

terça-feira, 1 de abril de 2008

A melhor do dia

O Google Docs também entrou no espírito do 1° de abril. Quem usa o editor de texto do Google pode conferir no http://docs.google.com: depois de clicar em “novo documento”, uma nova janela será aberta. Clique em “arquivo”, ali no menu, e veja a segunda opção que aparece: “new airplane”.



Agora, clique em “new airplane”. Se rolar bloqueio do navegador, libere a nova janela, sem receio. Você verá um...projeto para a construção de um aviãozinho de papel.

Tags:

Acessou o seu “yogurt” hoje?

No 1° de abril, o Orkut faz graça com o próprio nome.



Tags:

Cappuccino e dois blogs

Os assuntos dos releases que chegaram hoje na conta colunaextra@gmail.com são bastante variados. Um sugere uma reportagem sobre o aniversário da cantora Mariana Elali (quem?). Outro diz que “aumenta a preferência das empresas latino-americanas por aplicativos da empresa tal”. Mas de todos, um merece destaque porque o assunto ainda é uma raridade por aqui: Agência aposta em blog corporativo como canal de comunicação com público. A agência, no caso, é a paulistana Cappuccino Digital, que mantém não um, mas dois blogs - mais raro ainda.

Um dos blogs, o Cappuccino, destaca o cotidiano da agência e das pessoas que nela trabalham. O segundo, o Joy of Use, é um blog “criado para ajudar no fortalecimento do conceito difundido pela agência e na sua democratização entre o público em geral”. “Nosso conceito prioriza o envolvimento do público com a comunicação, a interação, sendo perfeitamente adequado ao ambiente dos blogs, onde o público pode não só receber informações, mas também entrar em contato, fazer comentários, enfim se relacionar”, diz Maurício Penessor, gerente de marketing da Cappuccino Digital.

O interessante na ação da Cappuccino é que a empresa usa a plataforma do Blogger para os blogs. Ou seja, os endereços dos blogs são .blogspot.com (como o Coluna Extra). Isso levanta uma velha e, às vezes acalorada discussão: muitos blogueiros “diminuem” blogs que usam plataformas como a do Blogger. Consideram “menos profissional”, em comparação à plataforma do WordPress, por exemplo. Já li comentários que mais pareciam tratados sobre reserva de mercado - o que não se aplica à blogosfera.

Para mim, essa visão é equivocada. O que faz um blog corporativo, publicitário, marketeiro ou pessoal mais ou menos “profissional” não é exatamente a plataforma que utiliza nem se tem um domínio próprio ou não. Até dá para prever uma migração do Blogger para o WordPress por razões técnicas (está nos meus planos, inclusive). Mas não por considerar um mais “profissa” que outro. O que conta é a forma como o blogueiro encara, organiza e gerencia seu blog. É disso que vem o resultado em audiência, em comentários, em repercussão. E blog pra frente.

Tags:

Mashup pró-reciclagem

Muito boa a iniciativa da TetraPak: a partir do Google Maps, a empresa criou a Rota da Reciclagem (www.rotadareciclagem.com.br), um mashup que indica a localização e o contato de pontos de coleta seletiva e reciclagem de embalagens longa vida (caixas de leite, sucos, molhos de tomate e outros alimentos). “Mapeamos a cadeia de reciclagem no Brasil e a partir de agora, vamos dividir este conhecimento com todos os interessados no assunto”, diz Fernando von Zuben, diretor de Meio Ambiente da Tetra Pak. “A Tetra Pak é uma das pioneiras em usar esse serviço no Brasil e uma das empresas que melhor utilizou nossa tecnologia até agora”, diz Patrícia Pflaeging, diretora de marketing do Google Brasil.

Sobre o uso da Rota, após entrar no endereço www.rotadareciclagem.com.br, siga as seguintes instruções:

1) Digitar o endereço pretendido no campo em branco;

2) Escolher o tipo de iniciativa da qual quer informação, entre cooperativas, comércios e pontos de entrega voluntária;

3) Clicar em Pesquisar no Mapa;

4) O mapa mostrará sua localização e as iniciativas escolhidas mais próximas;

5) Clicar com o mouse sobre o ícone das iniciativas para ter mais informações. Usar os botões + e - para alterar o zoom e as setas, ou o próprio mouse, para se movimentar.

Tags: ,

Que dia é hoje?

Dilma blindada na visão do Frank, do jornal A Notícia, de Joinville.



Tags: