Veja disponibiliza acervo em versão digital - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Veja disponibiliza acervo em versão digital

No próximo dia 15, a revista Veja disponibiliza todo o seu acervo, desde o primeiro número, lançado em 11 de setembro de 1968, no endereço www.veja.com.br/acervodigital. E qualquer pessoa (assinante ou não da revista) poderá acessá-lo. O trabalho levou 12 meses para ser concluído e foi feito em parceria por Veja e a empresa Digital Press Digital Pages (grato ao anônimo que fez a correção), responsável pela digitalização e criação da versão no formato “revista digital” das edições (formato que permite ao internauta “folhear” a revista clicando ou digitando o número da página que deseja ler).

O site ainda não está aberto ao público - somente no dia 15 -, mas usando uma senha cedida pela assessoria de imprensa de Veja, pude navegar pelo acervo antes e durante a redação deste post. E para quem gosta de história e/ou é rato de arquivo, o “passeio” é impressionante - goste ou não da fase atual da revista, é inegável a importância histórica do acervo. Ao entrar, fui direto na primeira edição. E é um grande barato acompanhar não só as reportagens sobre assuntos “quentes” da época, mas também relembrar o perfil da revista em seu começo e ver anúncios clássicos, como da Volkswagen dizendo o quanto o Fusca era um carro econômico.

Gostei do formato do acervo. Tudo muito fácil de localizar (as edições estão em ordem cronológica). Outro detalhe importante, especialmente pelo formato utilizado, é que a troca de páginas foi tranqüila, rápida até. Tem que esperar para ter uma noção melhor sobre isso quando o site estiver aberto, mas por enquanto, sem problema, a coisa “flui”. Para dar zoom no texto, outra facilidade: basta clicar com o botão esquerdo do mouse. Para voltar ao tamanho original, botão direito. Os indíces das revistas estão “linkados”. Ao clicar em uma das cartolas, o leitor vai direito para a página escolhida. E finalmente, o leitor também poderá criar sua lista de páginas favoritas do acervo.

Abaixo, para ilustrar o post, um recorte do primeiro editorial da revista, assinado por seu fundador, Victor Civita.

Um comentário:

  1. Anônimo1:49 AM

    Apenas para registrar o nome da empresa que viabilizou o projeto é Digital Pages e não Digital Press.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário