Blogger e “Blogger” - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Blogger e “Blogger”

A jornalista portuguesa Dulce Dias (leia entrevista que fiz com ela) me escreveu agora há pouco para contar de suas dificuldades para utilizar o Blogger.com.br, serviço da Globo.com, que nasceu como a versão grátis e em português (não só para brasileiros) do Blogger, quando o serviço ainda não pertencia ao Google. Dulce, que atualmente mora na França, mantém o blog www.esquissos.blogger.com.br. E como ex-usuário do Blogger, reproduzo o relato enviado por ela:

Permita-me alertá-lo para uma situação que me parece grave e que é:

A Globo cortou o acesso ao Blogger a quem não seja assinante do serviço. Mas, na prática, isto significa que tem está fora do Brasil - como eu - não consegue entrar no blog!!!

Estive dois dias a tentar “furar” o sistema para conseguir entrar naquilo que considero ser minha propriedade intelectual.

Aparentemente, a Globo quer que o Blogger seja reservado aos assinantes - mas eu, que moro em França, não posso, obviamente, aceder à internet através do serviço da Globo.

(Aliás, mesmo se quisesse, não tenho essa possibilidade - já que é preciso escolher o estado brasileiro onde se mora!!)

Esta situação, inspira-me alguns comentários:

1) O acesso foi-nos vedado de um dia para o outro, sem que tenhamos recebido um único email, um único aviso... nada!!! Uma total falta de respeito e de consideração para com os utilizadores, que eu não esperava da parte de um império como o da Globo.

2) A segunda questão é que me parece que este é o início do fim dos blogs gratuitos. Um pouco por toda a Europa, cada vez mais fornecedores de acesso internet têm um serviço de blogs reservado apenas aos assinantes.

3) O terceiro comentário, é a falta de visão comercial da Globo... Sabendo que tem (quantos milhares?) utilizadores fora do Brasil, e se quer mesmo obrigar a pagar o acesso ao Blogger, porque é que não há-de ter um serviço avulso só para blogguistas estrangeiros?! (Já agora, com acesso ao sistema de comentários e tudo.)

Até aceito pagar para manter o meu blog. Mas, por favor, um pouco de respeito!!! Não é digno de uma democracia cortar o acesso a um serviço sem informar previamente os seus utilisadores!!!

Obrigada
Dulce Dias


Após o envio da mensagem, Dulce conseguiu publicar um post:

O fruto proibido...

Decididamente, o fruto proibido é o mais apetecido.

Passo meses sem publogar nada mas agora, que sei que a Globo/Blogger.com.br nos está a cortar o acesso aos blogs... pois bem, tenho vontade de escrever.
Não importa o quê... Escrever, é tudo!

O simples facto de só poder vir aqui escrever este post de m****a porque consegui “furar” o sistema, tem o gosto amargo da liberdade de expressão roubada!!!

2 comentários:

  1. Os trogloditas da globo.com (principalmente da parte que gerencia o blogger.com.br) são antigos nessas práticas. Logo que apareceu o serviço brasileiro, inadvertidamente, transferi o Carta Aberta, meu blog da época, para lá. Foi um horror, um sufoco, até que fomos todos expulsos, perdendo (aqueles não tiveram o cuidado de fazer backup), os arquivos todos. Sem explicação, sem orientação e sem qualquer desculpa. Hoje fujo até do cadastro na globo.com (necessário, por exemplo, para comentar no Noblat e outros blogs), para manter-me distante dessa gente sem noção e mal intencionada.

    ResponderExcluir
  2. Em tempo: é caso de levar para a Justiça. Ou, pelo menos, para a polícia.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário