Twitter lança especial sobre eleições nos EUA - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Twitter lança especial sobre eleições nos EUA

Depois da mudança no layout, os usuários do Twitter encontram desde a noite desta quinta-feira uma outra novidade: no alto da página, o site ganhou uma barra (topo, se preferir) com links para o especial do Twitter sobre as eleições presidenciais dos Estados Unidos (http://election.twitter.com). No meu caso, apareceu automaticamente. Se quiser esconder a barra, é só clicar no “x”. Um ícone vai ficar ali no menu, ao lado de “sign out” (é só clicar nesse ícone e a barra volta para o topo).



Agora, o especial sobre as eleições americanas é um caso à parte — uma revolução à parte, sem exageros. O post Of The People, By The People, For The People, publicado no blog oficial do Twitter, não só pelo título, explica em detalhes como funciona. Basicamente, a idéia é criar uma nova fonte de opinião pública sobre as eleições e um espaço para o eleitor compartilhar aquilo o que pensa sobre os candidatos, situação econômica, etc.. Para isso, o Twitter escaneia todas as referências à campanha nos Estados Unidos que os usuários do site publicam em seus posts, em qualquer idioma.

Fiz um teste, em português, e o post apareceu listado no especial (citei “Bush” e “Obama”). Se preferir, o usuário pode escrever um novo post na própria página do especial. Há uma caixa para o usuário “adiantar o serviço” e, desde que esteja logado, escrever 140 caracteres ali mesmo (o que for publicado ali, aparecerá também na lista de posts da página do usuário). Detalhe interessante é que na caixa do especial a pergunta é outra. Em de “What are you doing?” (O que você está fazendo?), é perguntado “What do you think?” (O que você pensa?). Sutil, mas uma grande sacada.



O especial traz ainda, com destaque, uma lista onde o usuário pode buscar posts partir de determinados tópicos (nomes ou expressões). Por exemplo: leia o que os twitteiros escreveram sobre David Letterman, relacionando o apresentador com a campanha eleitoral. Na coluna à direita, aparecem os nomes dos candidatos a presidente e a vice pelo Democrata e pelo Republicano. Quando estiver conferindo o tópico “David Letterman”, clique em “Barack Obama” e a lista irá exibir os posts em que aparecem referências aos dois (no mesmo post).

Alguma chance de uma idéia deste tipo vingar no Brasil? Para início de conversa tem que saber o que o TSE pensa a respeito. Dá para imaginar a resposta, mas não custa perguntar.

Um comentário:

  1. os estadunidenses estão dando uma verdadeira aula de educação política e cultura da inovação.

    Serviços e sites incríveis nesta eleição. Enqaunto na eleição passada o que eu tinha visto de mais genial, o "declare your self", uma campanha nacional de estímulo ao voto.

    Por mais clichê e gasto que esteja o termo, com certeza esta eleição será a lembrada como a primeira da geração "2.0".

    Por isso vou votar no Obama para prefeito da minha cidade. Obama 08.

    =)

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário