Estudo avalia credibilidade de blogs de não-jornalistas - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Estudo avalia credibilidade de blogs de não-jornalistas

Dados iniciais do estudo “Jornalismo na Era Digital”, produzido pela LVBA Comunicação a partir da opinião de 604 jornalistas de todo o Brasil, indicam que “a imprensa brasileira está dividida em relação à credibilidade do conteúdo publicado nos blogs escritos por profissionais de outras áreas”. Se por um lado, 46,2% consideram os blogs mantidos por não-jornalistas como boas fontes de informação, por outro, 40,4% desconfiam das informações postadas. Outros 13,2% disseram que jamais consultam blogs destes tipos.

A consulta foi feita através de um questionário enviado por e-mail entre os dias 30 de junho e 15 de julho para profissionais de TV, rádio, internet, jornal e revista e de diferentes editorias. Os dados são parte de um trabalho que a LVBA está fazendo para conhecer as atitudes e comportamentos de blogueiros não-jornalistas. “Este estudo nos ajuda a entender melhor a relação da imprensa com a internet e a chamada web colaborativa”, diz Rodrigo Padron, diretor de Novos Produtos e Mercado da LVBA. O estudo completo deverá ser concluído em setembro.

Além das opiniões sobre os blogs de não-jornalistas, a consulta da LVBA apontou ainda os seguintes dados:

- 60% dos entrevistados afirmam que mantêm páginas pessoais e 10,2% têm contas no Flickr;

- Quase 60% dos entrevistados revelam que passaram a escrever para a mídia online, mantendo a atividade jornalística anterior, com o crescimento da internet;

- 45,3% escrevem matérias para sites de seu interesse;

- 40,2% produzem artigos para veículos online;

- Para 76,2%, as fontes digitais passaram a complementar o trabalho de apuração de informações.

- 55,1% dos entrevistados iniciou o desenvolvimento de alguma atividade jornalística nos últimos anos;

- Praticamente todos os profissionais entrevistados declaram que o jornalismo tornou-se mais dinâmico com a expansão da internet.

Um comentário:

  1. Felipe Besouchet12:23 PM

    Bom dia Alexandre, eu tenho um blog e estou fazendo meu tcc sobre ele. Este estudo seria muito útil para o meu trabalho.

    Você poderia passar a fonte para fbesouchet(EM)gmail.com?

    Obrigado

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário