Cappuccino e dois blogs - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

terça-feira, 1 de abril de 2008

Cappuccino e dois blogs

Os assuntos dos releases que chegaram hoje na conta colunaextra@gmail.com são bastante variados. Um sugere uma reportagem sobre o aniversário da cantora Mariana Elali (quem?). Outro diz que “aumenta a preferência das empresas latino-americanas por aplicativos da empresa tal”. Mas de todos, um merece destaque porque o assunto ainda é uma raridade por aqui: Agência aposta em blog corporativo como canal de comunicação com público. A agência, no caso, é a paulistana Cappuccino Digital, que mantém não um, mas dois blogs - mais raro ainda.

Um dos blogs, o Cappuccino, destaca o cotidiano da agência e das pessoas que nela trabalham. O segundo, o Joy of Use, é um blog “criado para ajudar no fortalecimento do conceito difundido pela agência e na sua democratização entre o público em geral”. “Nosso conceito prioriza o envolvimento do público com a comunicação, a interação, sendo perfeitamente adequado ao ambiente dos blogs, onde o público pode não só receber informações, mas também entrar em contato, fazer comentários, enfim se relacionar”, diz Maurício Penessor, gerente de marketing da Cappuccino Digital.

O interessante na ação da Cappuccino é que a empresa usa a plataforma do Blogger para os blogs. Ou seja, os endereços dos blogs são .blogspot.com (como o Coluna Extra). Isso levanta uma velha e, às vezes acalorada discussão: muitos blogueiros “diminuem” blogs que usam plataformas como a do Blogger. Consideram “menos profissional”, em comparação à plataforma do WordPress, por exemplo. Já li comentários que mais pareciam tratados sobre reserva de mercado - o que não se aplica à blogosfera.

Para mim, essa visão é equivocada. O que faz um blog corporativo, publicitário, marketeiro ou pessoal mais ou menos “profissional” não é exatamente a plataforma que utiliza nem se tem um domínio próprio ou não. Até dá para prever uma migração do Blogger para o WordPress por razões técnicas (está nos meus planos, inclusive). Mas não por considerar um mais “profissa” que outro. O que conta é a forma como o blogueiro encara, organiza e gerencia seu blog. É disso que vem o resultado em audiência, em comentários, em repercussão. E blog pra frente.

Tags:

Um comentário:

  1. Rodrigo Lóssio11:09 PM

    Fala Alexandre. Dica bacana.

    Primeiro acredito que qualquer agência que se diz especializada em comunicação digital deve estar necessariamente na blogosfera em se relacionando com ela. Ponto para a Capuccino.

    Acho a iniciativa fantástica, mas penso que um blog tratando dos dois assuntos - interno e externo - já funcionaria e inclusive um fortaleceria o outro.

    E quanto a velha discussão do Blogspot versus Wordpress. É claro que fico com o segundo. Mas coloco um argumento bem forte que considero - colocando o blog no próprio servidor da empresa, instalando o Wordpress, a possibilidade de divulgar ainda mais o domínio da empresa é muito mais eficaz. empresa.com.br/blog. Simples, objetivo e que se auto-vende.

    Fora que todos os acessos ao blog, oriundos do relacionamento que a empresa/blogueiro fizer com a comunidade, irão gerar acessos e leads no próprio domínio da empresa. Acho mais conveniente.

    A visão do blogspot menos profissional vai muito do link direto que as pessoas ainda faz ao blogspot/blogger como diários virtuais de adolescentes. Hoje não existe mais isso, mas até pouco tempo creio que existia.

    Enfim, são impressões. Penso que hoje não há diferença entre blogspot e wordpress.com (o serviço).

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário