“De musica ligera” e suas duas versões - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

“De musica ligera” e suas duas versões

Ao citar a tradição roqueira dos argentinos no post sobre a campanha pelo desarmamento, coloque um link para um vídeo da banda Soda Stereo tocando ao vivo um dos seus maiores clássicos: “De musica ligera”. E como minha quase obsessão por versões em português não tira férias, lembrei que a canção do Soda Stereo (recomendo o site da banda: www.sodastereo.com) não teve apenas uma, mas sim duas versões em português. A primeira, “De música ligeira”, feita por Herbet Vianna, foi gravada pelos Paralamas do Sucesso no disco 9 Luas, de 1998. E a segunda, “A sua maneira”, versão que o vocalista do Capital Inicial, Dinho Ouro Preto, fez para o disco de 2002 da banda, Rosas e vinho tinto.

A versão dos Paralamas, que na época muito próximos de músicos e público argentinos, é mais fiel ao original do Soda Stereo. Tem o mesmo peso e andamento, além de manter o mesmo título e o mesmo “espírito” da letra. Como curisiodade, a chamada “música de trabalho” de 9 Luas, “Lourinha BomBril”, é uma versão para “Parate e myra”, dos também argentinos Los Pericos. E antes de “De música ligeira” e “Lourinha BomBril”, no disco Os grãos, de 1991, a banda já havia gravado “Trac trac”, versão de Herbert para a música de mesmo nome, do ídolo argentino Fito Paez, que participa da faixa.

No caso da versão do Capital Inicial para “De musica ligera”, Dinho Ouro Preto, em reportagem de 9 de maio de 2002 no site CliqueMusic, contou que conheceu a música via clipe, no início das transmissões da MTV no Brasil, e desde então ficou com vontade de fazer e gravar uma versão, o que só foi possível no disco de 2002. Mesmo que Paralamas e Capital sejam bandas aparentemente próximas, para o CliqueMusic, Dinho disse que quando descobriu que era a mesma música já vertida por Herbert, “A sua maneira” já estava gravada. E o Capital optou não só por mantê-la no disco, como também colocá-la como a “música de trabalho” de Rosas e vinho tinto. “A nossa leitura ficou muito diferente da deles, que é mais fiel à original, tanto na letra quanto na sonoridade mais roqueira”, disse Dinho ao CliqueMusic.

Realmente, as versões têm sutis diferenças. A do Capital, disparada a de maior sucesso, pela levada um pouco menos acelerada e com violões, chega a lembrar uma outra música, “Save tonight”, de Eagle-Eye Cherry (Pedro Valente já havia comentado a semelhança em seu blog e até juntou as duas músicas em uma só: “Save a sua maneira tonight”). Em tempo: antes de “A sua maneira”, o Capital Inicial gravou no disco Eletricidade, de 1991, “O passageiro”, versão (que muita gente detonou) para “The passenger”, de Iggy Pop, que ficou mais conhecida pela gravação de Siouxsie and The Banshees.

Ouça “De musica ligera”, no player abaixo, em sua versão original com Soda Stereo e nas versões dos Paralamas do Sucesso e do Capital Inicial (clique no nome das músicas para ouvir).



Tags:

8 comentários:

  1. Muito bom parabéns!
    Adoro todas as versões mas prefiro com os Paralamas do Sucsso...
    Um abção!

    ResponderExcluir
  2. Dinho Ouro Preto ASSASSINOU o que costumava ser uma ótima canção, nas gravações do Soda Stereo e dos Paralamas do Sucesso.

    ResponderExcluir
  3. SE o Herbert soubesse cantar a versão dele seria boa. A do Soda é de longe a melhor.

    Dinho segue fazendo musiquinha romântica para adolescentes. E que vergonha admitir que não conhecia a versão do Paralamas!

    Dica: colocar a versão de estúdio do Soda Stereo, melhor que a versão ao vivo.

    ResponderExcluir
  4. A melhor sem dúvida nenhuma é de Soda Stereo )D

    ResponderExcluir
  5. Correção. O album 9 luas é de 96 e não de 98.

    ResponderExcluir
  6. Plínio Júnior11:23 PM

    Algo de mais de uma década atrás, tendo repercussão nos dias de hoje (30/04/2012), mas que coisa não!!! Aliais quantas vezes isso não aconteceu na historia da música, não é verdade! Para ser sincero gostava da versão do paralamas na época e tomei um susto quando ouvi a do capital alguns anos depois, porém convenhamos, regravar como o paralamas fez tudo bem, mas utilizar de todos os recursos da música e simplesmente modifica-la (a sua maneira) é triste...

    ResponderExcluir
  7. paralamas e capital inicial , juntos não equivalem si quera o 10 % de SODA STEREO, SODA STEREO é realmente uma banda completa, ótimo som, muito técnicos musicalmente e com muita criatividade , tanto que não precisam fazer versões ou cover de outras bandas , SODA STEREO é uma banda de verdade...

    ResponderExcluir
  8. Anônimo5:21 PM

    SODA STERO, SIN DUDAS EL MEJOR DE TODOS, AUNQUE LOS OTROS TAMBIÉN NO ESTÁN TAN MAL, ME GUSTARON !!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário