Empresa pilantra com três letras: _ _ _ - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Empresa pilantra com três letras: _ _ _

Tive uma experiência desagradável com a NET nesta semana. Sem aviso prévio e sem explicação lógica, incluíram no boleto de novembro duas mensalidades do pacote pay-per-view do Brasileirão, que comprei no final de setembro. Fui na central de atendimento aqui de Floirianópolis e esperei mais de uma hora em pé (não tinha mais lugar nos três sofás de dois lugares disponíveis) para ser atendido. Deu tempo até de falar mal da própria NET no Twitter usando o computador que fica por lá para o cliente degustar (ou “desgostar”) o Virtua. E deu tempo também para perceber o intervalo enorme entre um atendimento e outro.

Quando finalmente chamaram minha senha (152), fui lá, expliquei, mostrei minha conta do mês passado e a deste mês e ouvi do atendente (!?!?) que é isso mesmo e não tem como mudar. “O sistema não permite”. Só não cancelei tudo porque o golpe iria ser maior com o pagamento de multa. Liguei para a central de atendimento (que não é grátis) para pedir mais explicações e simplesmente transferiram minha ligação para o além até cair. Como se não bastasse essa pilantragem com meu bolso, marcaram uma visita para a tarde de terça-feira para a troca de decodificador e só apareceram lá pelas 20h. E botaram o decodificador digital, que simplesmente eliminou alguns canais do meu pacote, aquele sem Telecine e sem HBO. Qual a explicação? Aviso prévio? Nada.

Por tudo isso e pelo o que leio por aí, NET, por favor, não ligue mais aqui para casa me oferecendo Virtua ou NET-Phone. Já tenho a TV e para minha dor de cabeça, isso já me basta. Aliás, uma sugestão para meus amigos pauteiros dos jornais aqui de Florianópolis: mandar um repórter na central da NET ali na Avenida Rio Branco deve render boas histórias de desrespeito ao consumidor. Na segunda-feira, entre mais ou menos as 15 pessoas, ouvi, por exemplo, um senhor dizendo que a mulher dele quer bater nele porque comprou o serviço da NET e agora está sem conseguir usar o telefone.

Tags:

4 comentários:

  1. Oi, Alexandre!
    Eu e a Jade tivemos problemas com a NET também. Em abril do ano passado, fechamos um combo Fone/TV/Internet. O primeiro foi decepcionante. Pelo menos 3 dias por semana o telefone não funcionava, as pessoas ligavam para lá e dava sinal de ocupado, ou de cliente que teve linha cortada etc. E não adiantou reclamar: tivemos de esperar o contrato vencer para tirar a porcaria e trocá-la por uma linha da BT. Mas internet é nota 10. Temos vírtua 2 megas e é excelente. Jamais deu problema, e responde bem em velocidade de navegação e download. A TV também não dá bode. Agora mudamos para a Digital e está legal, mas o sinal cai de vez em quando. Nada muito irritante. Esse seu caso, porém, foi demais... :/ Solidariedade.

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo Lóssio3:51 PM

    Já te contei a história, mas pra deixar registrado aqui também. Há 6 meses estou tentando mudar a titularidade do meu NetFone e ainda não consegui. Uma atendente nos enrolou por quatro meses e depois saiu fora. Começamos do zero novamente há pouco tempo.

    ResponderExcluir
  3. Alex, virou moda eles cobrarem em duplicidade, eu mesma estou numa briga séria com a Celesc desde junho.Paguei uma conta em duplicidade e eles ainda não me restituiram o valor. Falta de respeito é pouco são uns picaretas e o pior é que a "CELESC" é do governo. Que tal? Abs!!!

    ResponderExcluir
  4. A história das três letras tem algo a ver com a TIM? Tivemos um problema com eles que custou três visitas, duas de 40 minutos e uma de duas horas (!!) para resolver [e na verdade ainda não está bem resolvido]. Os próprios atendentes da loja se estressaram com o tal sistema.
    Me lembrou "Brazil, o filme", em que o cara da assistência técnica é engolido pela máquina que ele tenta consertar.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário