“O sucesso do Twitter depende dos usuários” - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

terça-feira, 11 de setembro de 2007

“O sucesso do Twitter depende dos usuários”

Ainda é cedo para afirmar que o Twitter veio para ficar, com chances de ampliar sua aplicação ao jornalismo online. A opinião é de Ralphe Manzoni Jr., editor-executivo do IDG Now!, site de notícias especializado em internet e tecnologia que estreou no Twitter no dia 20 de agosto. “Como toda novidade, o Twitter também passa por um processo de descoberta, depois vem a fase de crescimento acelerado e, em seguida, do ‘vale da desilusão’, na qual os usuários abandonam a ferramenta”, avalia Manzoni, em entrevista ao Coluna Extra. “O sucesso do Twitter depende da forma que os usuários vão se engajar nesta ferramenta depois do ‘vale da desilusão’”.

A decisão de criar uma conta no Twitter está ligada ao próprio perfil editorial do IDG Now!. “Como veículo que cobre o mercado de internet e de tecnologia, o site está sempre em contato com esses novos formatos e testa essas novas formas de distribuição de conteúdo”, diz Manzoni. “Para nós do IDG Now!, o importante é distribuir conteúdos em diversas mídias e formatos e quem decide qual a mídia e o formato mais conveniente é o leitor”.

Na avaliação de Manzoni, as grandes empresas de mídia, principalmente as internacionais, se apropriaram do Twitter, mas estão usando suas contas como um RSS, apenas publicando sua lista de reportagens, com links para as matérias. “Nós, do IDG Now!, também fazemos isso, mas estamos testando em eventos e situações cuja agilidade da informação é importante”, afirma. Manzoni diz não saber qual das duas formas de uso irá prevalecer. “Eu aposto em ambos, mas torço para que o Twitter seja usado da forma adequada: um espaço para informações curtas e ágeis”, diz.

Exemplo disso foi a cobertura do BlogCamp, a primeira feita pela redação do IDG Now! através do Twitter. “Tivemos um grande acréscimo de novos usuários com essa cobertura e avalio a cobertura de forma positiva, pois usamos a ferramenta de uma forma apropriada para a distribuição de conteúdo”. Ele destaca também a cobertura do lançamento dos novos iPods, da Apple, outra feita primeira no Twitter e depois no site. “A notícia de que o Google cedeu na sua briga com o Ministério Público no caso Orkut também saiu primeiro no Twitter”, diz.

Tags: ,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário