Código gremista - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

terça-feira, 19 de junho de 2007

Código gremista

Até no MSN os torcedores do Grêmio demonstram sua esperança na conquista da Copa Libertadores da América, mesmo que para isso tenha a complicada tarefa de vencer o Boca Juniors por 4 a 0, amanhã, em Porto Alegre. Os usuários gremistas adotaram um código no programa de conversação: ao lado do nome ou apelido, acrescentaram três estrelas, numa alusão à possibilidade (remota ou não) de conquista do tri na Libertadores. Para fazer as estrelas digite (*)(*)(*) ao lado do nome (isso deve ser feito clicando em Ferramentas e depois Opções no menu do MSN).

E sobre a decisão, dois links. O primeiro é do site apaixonado Eu acredito no Tri!, onde os torcedores deixam mensagens de apoio aos jogadores e podem baixar avatar, emoticon, banners, papel de parede e o mais importante: o torcedor pode enviar e-mails de “convocação” para aqueles que ainda não acreditam no título.

O segundo link é para um texto publicado ontem dia 18 no site Coletiva.net que aponta certos exageros cometidos na imprensa gaúcha e que botam lenha na fogueira da decisão.
Não bastasse o fato de o jogo entre Grêmio e Boca Juniors desta quarta-feira, no Estádio Olímpico, decidir a Copa Libertadores da América, e envolver duas torcidas altamente motivadas, a imprensa gaúcha consegue acirrar ainda mais os ânimos e aumentar o estado de beligerância. Em sua coluna de hoje em Zero Hora, Wianey Carlet afirma que “arma-se uma guerra em que todos serão derrotados. Haverá vítimas em grande número. Não convém eliminar a possibilidade de mortes. Acreditem, o que está se armando é assustador. Os ‘barra-bravas’ do Boca não são apenas torcedores apaixonados. São bandidos, nada menos”. Ele ressalta que não pensa em estimular a violência, “por qualquer meio”, mas joga lenha na fogueira ao citar que o sentimento que impera na torcida gremista é o de vingança.

Leia o texto completo.
Tags:

2 comentários:

  1. Engraçado
    Eu vi um amigo gremista com as três estrelinhas, achei que era uma boa idéia e coloquei também. Não imaginei que estivesse nessa proporção, hehe.

    ResponderExcluir
  2. As percepções são realmente diferentes. O que o Wianey fez foi exagerar nos prognósticos da violência entre torcidas e assim incentivar a ação da Brigada Militar (entre outros sujeitos do evento) para evitar que o pior acontecesse. Ele estava jogando lenha para que houvesse, como ocorreu, uma ação preventiva muito forte. Pois há sérios problemas de gangues entre os torcedores. Enquanto que em Fpolis os "malas-ruim" andam de corrente de prata e boné, em POA festem camisa de clube de futebol. Ontem a manchete da ZH foi "Craques se unem pelo clássico da paz". Nos ônibus há cartazes estimulando o torcedor a se comportar no clássico desse domingo. O sentimento aqui em POA (estou essa semana por aqui) é que a imprensa gaúcha estava muito preocupada com violência nesse jogo. Todos entenderam isso por aqui. Talvez de fora a percepção seja outra.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário