Vida moderninha - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quarta-feira, 30 de maio de 2007

Vida moderninha

Eu ainda acredito mais nos blogs do que no Second Life (e assemelhados) como futuro/presente da internet. Mas já dá para perceber que a necessidade de levar uma “vida moderninha” no Second Life vai ganhando espaço nas estratégias de marketing também de empresas de comunicação aqui no Brasil. Nesta semana, O Estado de S. Paulo anunciou uma parceria com a Kaizen Games, empresa responsável pela versão brasileira do Second Life, para o lançamento do jornal MetaNews. Pelo acordo, o MetaNews, que começa a ser produzido no mês que vem, será o jornal oficial do ambiente virtual com redação própria e espaço para a participação de leitores. “Além de focarmos no rejuvenescimento da marca, estamos levando o Estadão para novos patamares tecnológicos” diz o diretor de Marketing e Mercado Leitor de O Estado de S. Paulo, Antônio Hércules Jr., em reportagem publicada no Portal do Estadão. “A idéia não é estar com a marca lá pura e simplesmente. Vamos produzir conteúdo exclusivo com todo expertise que temos”.

E nesta sexta-feira, estréia a “versão Second Life” do programa Sala de Redação, programa diário de debates da Rádio Gaúcha, do grupo RBS, de Porto Alegre, que em termos de tradição está para os gaúchos assim como o Estadão está para os paulistas. A idéia é da agência de publicidade Escala e nasceu como forma de homenagear os 80 anos da Gaúcha, comemorados em fevereiro. A agência recriou o ambiente e os apresentadores do programa, entre eles o comentarista Ruy Carlos Ostermann, além de inserir imagens da cidade de Porto Alegre e do prédio da emissora, como informa o site Coletiva.Net. A primeira edição do Sala de Redação no Second Life acontece às 13h, simultaneamente à transmissão pela Gaúcha.

Tags:

Um comentário:

  1. Concordo contigo que o furuto são os blogs. O Second Life é um ambiente virtual que considero nocivo, dependendo do tipo de pessoa que 'se infiltra lá'.

    Blogs a gente ainda pode administrar numa boa. No Second Life a impressão que eu tenho é que não podemos controlar muita coisa, e que o ambiente é bem caótico, o que não me deixa muito confortável. Sem falar que como tenho propensão à me viciar em jogos online e coisas afins, eu nem me arrisco *mesmo*.. rs

    Não gosto muito do Second Life. É um mundo complicado. Prefiro a realidade não-virtual, que, apesar dos pesares, me deixa mais segura. Já viu o site-paródia First Life?

    http://www.getafirstlife.com/

    Achei demais... rs

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário