Borat - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sexta-feira, 9 de março de 2007

Borat

Da Agência EFE, na Folha Online:

“O DVD do filme Borat - O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América vem fazendo sucesso no Cazaquistão, país que é ridicularizado no falso documentário protagonizado pelo humorista britânico Sacha Baron Cohen, informou hoje o site de vendas Amazon.com”. Leia a reportagem completa.

E enquanto Borat já está sendo lançado em DVD lá fora, o filme dificilmente vai chegar aos cinemas de Santa Catarina. Enviei hoje um e-mail para a Arcoíris Cinemas para perguntar se havia previsão para a estréia do filme nas salas do Beiramar Shopping, de Florianópolis, do Shopping Itaguaçu, de São José, administradas pela empresa. A resposta chegou logo em seguida: “No momento não temos previsão de estréia devido a falta de cópias, a distribuidora confeccionou apenas 88 cópias para atender um circuito nacional de aproximadamente 2.000 salas”. Como por aqui são poucas as salas, obviamente as distribuidoras optam por valorizar cidades com mais ofertas para exibição.

Borat teve lançamento mundial entre outubro e novembro do ano passado e entrou em cartaz em algumas cidades brasileiras no mês de fevereiro. Já tive oportunidade de assistir ao filme, mas fiquei na expectativa de assisti-lo novamente, desta vez no cinema para ver a reação da platéia (ou gargalhar em grande grupo :)) já que trata-se de uma comédia politicamente incorreta onde Sacha Cohen “investiga” o modo de vida dos norte-americanos. É impagável e imperdível (o trailer está aqui). Cohen ganhou o Globo de Ouro de Melhor Ator de Comédia e o filme concorreu ao Oscar de Melhor Roteiro.
Sobre Borat (na Wikipedia)
Tags: ,

2 comentários:

  1. Se Borat vai demorar pra ser lançado, imagine então os 300 de Esparta? E eu pensava que aqui em Floripa tivesse Cinemark... rs..

    ResponderExcluir
  2. Vi só uns pedaços do filme e achei simplesmente sensacional! Não me admiro de não chegar por aqui. E olha que cinema é considerada "a" cultura neffepaiff. Se a situação é ruim nos cinemas, é pior quando o assunto é livro. Florianópolis, a capital do estado, não tem uma livraria decente. É deprimente entrar em qualquer livraria de Floripa e de qualquer outra cidade do estado.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário