Primeiras palavras - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sábado, 2 de dezembro de 2006

Primeiras palavras

Já relembrei aqui no blog minha passagem como editor-executivo de duas edições da revista Jovem Empreendedor. Revirando meus arquivos, encontrei um exemplar da sexta e última edição da Jovem, de agosto de 2000, e me deparei com um texto que nem lembrava mais que tinha escrito na seção Primeiras Palavras (uma apresentação ampliada dos destaques da revista). Nesse texto, para destacar reportagens sobre empresas pontocom, fiz algumas considerações sobre negócios na internet, meses antes do estouro da chamada “bolha”. Abaixo, destaco alguns trechos do texto que considero atemporais.
Só se fala em internet?

Será uma febre? Será uma moda? Uma nuvem passageira? Muitos dizem que não. Outros tantos... bem, outros tantos (ainda) são reticentes quanto ao desempenho dos negócios na internet. Mas não há como negar, muito menos ignorar que a rede se transformou no canal mais acessível para que novas idéias fossem colocadas em prática. Nem sempre é uma alternativa perfeita, como muitos podem sonhar, mas tem sido uma alternativa viável, de onde têm surgido boas e rentáveis idéias.

O que preocupa em tudo o que envolve a internet é justamente a publicidade que se faz em torno dessa fabulosa invenção. De repente, todo mundo quer ter um negócio na internet. Basta uma breve olhada nos exemplos que estão por aí: não resta dúvida de que abrir um negócio pontocom é a primeira idéia que vem à cabeça de um jovem empreendedor. (...)

Nesse concorrido, inflado e, às vezes, confuso mundo virtual, uma idéia na cabeça apenas não basta. É preciso desenvolver um conceito que justifique sua idéia , pois, sem fugir da mesmice, não há negócio on-line que resista. Coloque a cuca para funcionar, envolva seus amigos e parentes para descobrir algo que ainda não exista na rede (o que é difícil, mas não impossível quando se tem um bom conceito de negócio).
Tags:

Um comentário:

  1. Muito legal, Alexandre. Sempre acompanhando as inovações e o mercado. Abração e ótima semana.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário