Jornalismo e internet - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

terça-feira, 3 de outubro de 2006

Jornalismo e internet

Já está disponível no site Jornalistas da Web, a entrevista colaborativa com a editora-chefe do Globo Online, Joyce Jane (foto). Há cerca de duas semanas, os leitores do site foram convidados a enviar perguntas, que foram organizadas pelo editor do Jornalistas da Web, Mario Lima Cavalcanti, e transmitidas posteriormente para Joyce. Em linhas gerais, a entrevista trata das mudanças realizadas recentemente no Globo Online, mas também traz análises interessantes para questões mais amplas sobre jornalismo e internet. Colaboro com a entrevista com duas perguntas, que reproduzo abaixo:
O que leva um internauta a acessar diariamente um site/portal de notícias? Como atrair mais leitores?

Joyce Jane - A certeza de que encontrará o que procura é o que leva um leitor a acessar diariamente um site de notícias. Ele é fiel na medida em que sabe que estará bem informado naquele sítio. Portanto, tem uma relação direta com credibilidade e com variedade de informação. Para atrair mais leitores, é necessário ampliar o cardápio do noticiário e, principalmente, estar atento às demandas. É preciso pesquisar o que o leitor gosta de ler e o que ele quer ler, mas não está encontrando.

No atual momento, que obstáculos, na sua opinião, o jornalismo online brasileiro precisa superar com maior urgência?

Joyce Jane - Há desafios. É importante ampliar a cobertura regional. Acredito que há uma demanda por noticiário das cidades, isso em todo o Brasil. Aumentar a interatividade, trazendo o leitor para o dia a dia do site, fazendo dele um participante, é outro desafio. Um obstáculo é o pequeno número de brasileiros com acesso à internet. É fundamental para a democratização da informação permitir que mais e mais brasileiros tenham acesso. Quando isso acontecer e as ferramentas de interatividade estiverem maduras, a troca de informações será um importante fator de desenvolvimento. Na internet, não vamos ter apenas pequenos grupos falando o que pensam ou destacando o que acham importante. Todos poderão contribuir, dizer o que pensam e o que acham que deve ser destacado.
Leia a entrevista completa.

Tags:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário