Veja (e ouça) Johnny Cash - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quinta-feira, 13 de julho de 2006

Veja (e ouça) Johnny Cash

No Dia Mundial do Rock, assisti finalmente ao filme Johnny e June, que conta uma parte das vidas do cantor Johnny Cash e de sua esposa, June Carter. Filme para ver e rever muitas vezes. Ótima história de amor e redenção, baseada na autobiografia de Cash (falecido em 2003, aos 71 anos, poucos meses após a morte de June, aos 73), e com atuações marcantes de Joaquim Phoenix e Reese Whisterpoon (vencedora do Oscar pelo papel de June Carter). E tudo isso envolvido pelas músicas do “homem de negro”, como Cash era chamado por se vestir de preto, com forte influência country e na maioria das vezes com letras “cortantes”, como dizem no filme - uma raridade para a época.
Visita recomendada: www.johnnycash.com
Leia também: Disco póstumo de Johnny Cash lidera vendas no EUA (13/07)
E o Elvis?
Cash é mais um dos astros surgidos na primeira leva do rock a ganhar um filme primoroso. Antes dele, Buddy Holly (em Buddy Holly Story), Ritchie Valens (em La Bamba) e Jerry Lee Lewis (em Great Balls on Fire) já haviam recebido homenagens de qualidade, ao contrário, por exemplo, de Little Richards, que teve sua importante trajetória contada num filme de quinta categoria. Curiosamente, ainda não se fez um filme decente sobre a história de Elvis Presley, o astro maior (o mais popular, pelo menos) daquela turma. Lembro apenas da vida do Rei do Rock ter sido contada num telefilme muito ruim e caricato (exibido pelo SBT, se não me engano).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário