Patético - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sábado, 1 de julho de 2006

Patético

Primeiro você assiste o empenho e a dedicação da seleção de Portugal para conquistar sua vaga diante da Inglaterra. Depois, você assiste o time brasileiro completamente patético diante do toque de bola francês. E a conclusão é óbvia: quem nasceu para Parreira não chega a Felipão. Futebol sem vibração, sem vontade, sem garra, sem incentivo, sem cobrança e com muita, muita apatia. Dentro e fora de campo. Realmente, deve ter sido um saco para Parreira “dirigir” a seleção com a possibilidade de se tornar campeão mundial como técnico pela segunda vez. Só isso explica sua atitude (ou falta de) diante dos erros, do gol francês e da clara necessidade de sacudir o time com a entrada mais cedo de Cicinho e Robinho, por exemplo. Talvez Parreira, em vez de estar na Copa, preferisse estar em casa, pintando seus quadros. Bucólicos, com certeza.

Um comentário:

  1. Oi, Ale!

    Que mico, hein?! Já estou torcendo pelo Felipão, mas não dá pra torcer pra Portugal. Ou ninguém viu a baixaria do Cristiano Ronaldo pra cima do Rooney? O que foi aquela piscadinha e o shhhhhh que a TV brasileira registrou? Deixa ele voltar para o Manchester United, tá frito! Aqui em casa, levamos duas boladas num mesmo dia: Inglaterra e Brasil voltando pra casa :( Enfim, bola pra frente - estamos MUITO atrasados.

    Ah, e valeu o comentário em cima do 'onde estou Josué' rsrs.

    Bjsss e um ótimo Domingo!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário