O tal “torcedor” - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

segunda-feira, 13 de março de 2006

O tal “torcedor”

Não foi uma jornada das mais felizes no estádio da Ressacada, ontem à tarde. Meu time perdeu, se complicou no campeonato e agora depende de uma vitória e de uma combinação de resultados para se classifica à próxima fase. Mas o que mais me irritou ontem nem foi o time apático e sem vontade dentro de campo, mas sim o comportamento de um “torcedor”, sentado dois lances de arquibancada acima de onte eu estava com meu filho, minha sobrinha e meu pai. Ele, o tal “torcedor”, simplesmente não torceu pro Avaí. Ficou torcendo contra o tempo todo, desde o apito inicial. E xingava os jogadores por qualquer e sem qualquer razão. O goleiro pegava a bola, ele xingava. O jogador do Avaí acertou uma bola na trave e recebeu seu xingamento também. O clima já não era dos melhores. O time precisando vencer e o tal “torcedor” indo contra a maré, incomodando quem queria assistir ou incentivar seu time do coração numa tarde pouco inspirada.

Na primeira reclamação que ouviu, o tal “torcedor” evocou seu direito de falar o que bem entendesse porque era sócio do clube. Na segunda, respondeu a dois torcedores com insultos gravíssimos. E na terceira, foi sumariamente vaiado por todos que estavam naquela parte da arquibancada. Depois dessa, ele até maneirou (pouco, mas maneirou). Mas o estrago ja estava feito: irratação com o time mal em campo e com o comportamento de quem não conhece o significado da palavra “torcer”. É claro, crítica e vaia de torcedor fazem parte da rotina do futebol, mas ofensa gratuita como as que esse tal “torcedor” fez o tempo todo e a qualquer lance não dá para aturar.

2 comentários:

  1. E o pior é que a Ressacada tá cheia de gente assim. Parece "complexo de Miguel Livramento" (uma vez eu vi o Avaí ganhar de 4x1 do Goiás, que era líder invicto da Série B, e o Miguelzinho ainda reclamou do time em seu programa no dia seguinte). Parece que o time nunca tá bom, mesmo ganhando.

    Por mais que nosso time esteja mal, se vamos ao estádio é para apoiá-lo, não é? Vou a jogos dos dois times de Florianópolis (Avaí e Figueirense) e acho que a torcida do Avai é a mais "xarope" com relação a seu próprio time. Talvez pelo longo período sem títulos e pela má administração dos últimos anos a torcida já tenha perdido a paciência. A do Figueirense parece estar mais "de bem com a vida", por causa dos resultados dos últimos anos.

    ResponderExcluir
  2. Voces não podem falar assim deste maravilhoso comentarista o nosso AVAI ficou grande graças a MIGUEL LIVRAMENTOA PORQUE ELE FALA A VERDADE NUA E CRUA.Um grande abraço.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário