O livro virou exposição fotográfica - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sexta-feira, 31 de março de 2006

O livro virou exposição fotográfica



Um mergulho no fascinante patrimônio arqueológico da Ilha de Santa Catarina com belos registros fotográficos. Essa é a proposta da Exposição “Aventura Arqueológica na Ilha de Santa Catarina” do fotógrafo Victor Carlson, que começa segunda-feira, dia 3 de abril, no Bar Café das Artes, a partir das 19h. A exposição reúne as melhores fotografias do livro de mesmo nome de autoria de Alexandre Gonçalves e Victor Carlson (com consultoria de Maria Madalena Velho do Amaral). São fotografias das oficinas líticas, das inscrições rupestres, dos sambaquis e de dois museus de Florianópolis. O livro “Aventura Arqueológica na Ilha de Santa Catarina” estará à venda no local. O Café das Artes funciona diariamente das 11h as 23h e aos sábados e domingos das 12h as 22h. A exposição vai até o dia 2 de maio.
O livro
Sexto livro da Coleção Rosa-dos-Ventos, “Aventura Arqueológica na Ilha de Santa Catarina” traz fotos e informações sobre sambaquis, inscrições rupestres (que muitos chamam de arte rupestre) e oficinas líticas da região que possui uma das maiores concentrações de sítios arqueológicos de todo o Brasil, a Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis. A maioria dos sítios mostrados no livro – especialmente no que se refere à inscrição rupestre e oficina lítica – ainda hoje pode ser visitada por turistas e todos os interessados em conhecer de perto esse importante patrimônio de Santa Catarina. Tanto as inscrições rupestres quanto as oficinas líticas são encontradas em pedras de diabásio. Como um atrativo a mais, esses sítios localizam-se em praias de Florianópolis como Santinho, Ingleses, Pântano do Sul, Joaquina, Armação, Galheta, Barra da Lagoa, entre outras. O livro também destaca as inscrições rupestres encontradas nas ilhas próximas à Ilha de Santa Catarina, como a Ilha do Campeche. Além disso, “Aventura Arqueológica” mostra ainda o trabalho de arqueólogos que desde o final da década de 50 estudam e pesquisam o patrimônio arqueólogico catarinense. O livro ressalta ainda os acervos do Museu Universitário, na Universidade Federal de Santa Catarina, e do Museu do Homem do Sambaqui, no Colégio Catarinense, que guardam diversos artefatos (como zoólitos, ossadas e sepulturas) encontrados em escavações realizadas em sambaquis construídos pelos primeiros habitantes da Ilha – que também aparecem em destaque no livro.

Compre aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário