O rei está vivo - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

quinta-feira, 15 de dezembro de 2005

O rei está vivo

Roberto Carlos não costuma ser do tipo que expressa publicamente suas opiniões e convicções. Pelo contrário, ou sai pela tangente ou usa uma frase feita sem grande profundidade. Mas ontem, na entrevista coletiva de lançamento de seu novo disco, o rei surpreendeu: católico praticamente e co-autor de músicas como “Jesus Cristo” e “Nossa Senhora”, Roberto Carlos defendeu o uso da camisinha e também condenou a exclusão da cantora Daniela Mercury na festa de Natal para o papa Bento XVI. “Usar camisinha é preservar a vida e não posso aplaudir seu veto pela Igreja Católica”, disse o cantor, conforme notícia publicada no Estadão. “Também discordo do veto a Daniela Mercury porque, além de grande artista, ela só merece elogios por participar das campanhas em favor da camisinha”. Agora só falta ele deixar a religião de lado e voltar a cantar “Quero que vá tudo pro inferno”. Ou seria pedir muito?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário