Fulminante (entre a mesa e o balcão) - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

domingo, 20 de novembro de 2005

Fulminante (entre a mesa e o balcão)

Ela na mesa
Sorridente, ao lado das amigas
E ele no balcão
Pede outra bebida

E a paixão
Fulminante feito um raio
Vai cair outra vez
No mesmo lugar

E ele olha
Gruda, fixa o olhar
Com classe
Como manda o Manual do Galã

E ela gosta
Mostra mais o rosto
E mexe no cabelo
Aceita o galanteio do moço

E a paixão
Fulminante feito um raio
Caiu mais uma vez
No mesmo lugar
Entre a mesa e o balcão
No meio do bar
Entre a mesa e o balcão
No meio do bar (Paixão fulminante)


“Fulminante (entre a mesa e o balcão)” levou uma semana para ser feita. Terminei hoje (20). Como diria Paul McCartney, é uma “silly love song”. É simples, direta, historinha despretensiosa, tem dois acordes (Am7 e D7) e uma levada meio Santana, meio Jorge Ben :))))).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário