Yoko - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

terça-feira, 11 de outubro de 2005

Yoko

“Ah, o John tava cego
Mas ela enchia o seu ego
Então eu não nego
The Beatles chegou ao fim”
(“Abalado por John e Yoko”)
Leio na Folha Online que, durante um evento em Londres, Yoko Ono fez “comentários pouco gentis” a Paul McCartney. A senhora John Lennon disse que o marido se sentia inseguro sobre suas músicas e perguntava a ela por que sempre tocavam as músicas de Paul e não as dele. “Eu dizia: você é um bom compositor, é um bom cantor e a maioria dos músicos provavelmente fica nervosa quando toca suas músicas”, afirmou Yoko no evento. Ela dizia ainda para John que ele não fazia coisas do tipo “june with spoon” (algo como “rimas pobres”), dando a entender que isso era comum nas músicas de Paul.
A resposta de Yoko, que alfineta Paul, também dá mais um argumento para a tese sobre o poder que ela passou a exercer sobre Jonh e do quanto essa relação quase maternal (não parece uma mãe falando para o filho que ele é melhor que o amiguinho?) pode realmente ter interferido no clima da banda. Por essas e outras é que mantenho a crença de que os Beatles foram “abalados” por Jonh e Yoko. E, contrariando a opinião de muitos, meu beatle preferido não é o autor de “Imagine”, mas Ringo Starr, esse sim um cara da paz, cinza por natureza e sem barreiras para manter uma relação de amizade com seus colegas de banda, independentemente de qualquer rixa ou desavença.

(As declarações de Yoko foram feitas poucos dias depois da divulgação dos boatos de que a namorada de Mick Jagger estaria causando conflito nos Rolling Stones, teoricamente os maiores rivais dos Beatles. Chegaram até a apelidar a namorada de Jagger de Yoko Ono!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário