VNP # 0 - Coluna Extra

Primeiro Digital - o blog do jornalista Alexandre Gonçalves

Destaques do site Farol Reportagem

Destaques do Laranjas - A verdade até as primeiras consequências

sexta-feira, 3 de setembro de 2004

VNP # 0

))) Vinil No Prato (((
Lembranças e pequenas crônicas sobre discos de vinil

# 0 Ano 1 - Outubro 2003

Gil e Bee-Gees... Quando era criança, meus pais tinham um toca-discos da Philips daqueles pequenos. E foi nesse "aparelho" que ouvi com atenção os dois primeiros discos na vida. Um compacto do Gilberto Gil com "Não chores mais" e um LP dos Bee-Gees. Esses discos eram usados no Koerich (onde meu pai ainda trabalha) para testar os toca-discos e, de certa forma, animar o ambiente da loja. E meu pai levou para casa esses dois para a gente (ele, na real) ouvir. E eu fui de carona. Devia ter uns 5, 6 anos.

A coleção do pai... Depois que comecei a me interessar pelos discos, naturalmente comecei a fuçar na coleção do meu pai. E lá encontrei algumas preciosidades. Meus preferidos: Canta, canta minha gente, clássico do Martinho da Vila (1973); Dez Anos Depois, uma coletânea fabulosa do então Jorge Ben (1973) cantando seus grandes sucessos "de três em três"; e, finalmente, Os Maiores Sucessos dos Originais do Samba (1973), que ainda contava com o Mussum no reco-reco e que trazia pérolas como "Falador passa mal", entre outras.

Brega e novela... Na coleção do meu pai descobri ainda uns discos-coletânea com preciosidades como "Uma Vida Só (Pare de Tomar a Pílula)", do Odair José, e "A Desconhecida", de Fernando Mendes. Outro tesouro da coleção do pai é a trilha sonora da novela Carinhoso, um retumbante sucesso da Globo na década de 70, com Regina Duarte e Marcos Paulo. Entre as músicas do disco, destaca para "Music and Me", com Michael Jackson, "Skyline Pigeon", com Elton Jonh, e a contagiante "Soul Makossa", com Manu Dibango.

Na lembrança... "Queremos pizza / Queremos café / Queremos pizza / Queremos café / Se for possível uma coca-cola bem gelada ou uma água tônica com gás / Olha, meu amigo, veja bem o que cê traz / Porque se não a gravação aqui não sai / No meu Brasil" (letra da vinheta ou um bônus track, se preferir, que encerra o disco Dez Anos Depois, do Jorge Ben.

(Textos originalmente escritos para o blog Vinil No Prato, que saiu do ar depois de trocentas tentativas de acesso ao Blogger-Globo.com. O blog se foi, a idéia ficou...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário